Na minha opinião, um grande diferencial da escrita de Jojo Moyes, é a forma impecável como a autora constrói seus personagens. No caso de Matt McCarthy, não foi diferente. Matt, é um vilão desprezível e ganancioso, que não poupa esforços para alcançar seus objetivos.

 Para satisfazer a sua ambição, Matt mente, oprime, trai e maltrata as pessoas, sem se importar se essa pessoa é a sua esposa, seu filho, se passa por dificuldades ou tem algum problema de saúde. Ele passa por cima de tudo e de todos, sem pensar nas consequências de seus atos.Ele não se preocupa com a dor que pode causar nas pessoas que estão ao seu redor. É um ser desprezível e, um protótipo perfeito do que o ser humano é capaz de fazer, para cumprir seus caprichos e desejos. Confesso que passei o livro inteiro com raiva, desprezando e desejando a morte desse homem.

Leia o “O Som do Amor” e venha desprezar o Matt McCarthy, junto comigo. Rrsrs

O livro “O Som do amor” foi escrito por Jojo Moyes e publicado no Brasil, pela Editora Intrínseca.

Confira também outro post sobre o livro “O som do amor”: Uma capa linda!

Confira a sinopse do livro “O Som do amor”, oferecida pelo catálogo da Editora Intrínseca: http://www.intrinseca.com.br/livro/696/

Fontes das imagens:
http://www.epi-tuiuti.com.br/wp-content/uploads/2013/10/1-ferramentas-de-pedreiro-itens-essenciais.jpg
http://www.centraldalapa.com/pagina/wp-content/uploads/2015/03/dicas-para-contratar-um-encanador.jpg

Vilões aterrorizam e assombram qualquer história, mas sem eles será que teria a mesma graça? Confira aqui outros vilões literários

 

Anúncios

Deixe o seu comentário

comentários

Deixe seu comentário