Em “Talvez Um Dia” temos Sydney e Ridge, dois vizinhos que acabam se conhecendo por causa da música. Ele gosta de tocar violão e ela inventa letras para as suas melodias. Os dois começam a trocar mensagens e aos poucos vão descobrindo que tem muita coisa em comum. Até que um dia Sydney se vê sem casa no meio da chuva e Ridge resolve abrigá-la, é quando os dois percebem que não é apenas afinidade que sentem, mas uma atração física enorme. Porém Ridge tem uma namorada incrível e Sydney não quer ser a amante.

O livro vai tratar sobre amor e respeito, mostrar que em alguns momentos da vida você pode se sentir atraído por uma outra pessoa e que existem maneiras de respeitar seu companheiro atual. Ridge e Sydney são bem maduros com relação a toda a atração que sentem. Ao mesmo tempo em que estão se apaixonando, eles se freiam por respeito ao relacionamento dele.

Como em todos seus livros, Colleen cria personagens muito cativantes, é impossível não se divertir com a colega de apartamento deles, a Bridgette. Querer um amigo como o Warren, conhecer um cara como Ridge. Se importar com a Maggie, mesmo ela sendo o motivo do casal principal não ficar junto, mas ao mesmo tempo ficar triste por Sydney não viver o romance. Todos tão legais e com personalidades bem construídas em camadas.

Como as personagens principais compõem o livro é cheio de músicas deles, que tem em suas letras tudo o que eles não podem falar um para o outro. Para a experiência ficar mais incrível tem a playlist com todas elas prontinhas para você escutar enquanto lê e são todas maravilhosas. Agora um mega spoiler que vamos dar é que um dos personagens é surdo e isso contribui e muito para delicadeza e a intensidade das cenas. Poderia ajudar a compor a redação do ENEM porque mostra a realidade dos surdos, as dificuldades no dia a dia e principalmente o que o personagem precisa fazer para conviver com as pessoas ao seu redor.

“Talvez Um Dia” foi daqueles livros que mudaram a minha concepção, é difícil você não se sentir empatia pela situação do casal principal e começar a pensar que eles não têm culpa de terem apaixonado. Que mesmo ele tendo uma namorada, não tinha como evitar. Um livro que mudou minha visão, que me causou reações físicas com toda essa intensidade da história. New Adult de qualidade que super vale a pena ser lido.

No Resenhando você encontra resenhas de todos os gêneros literários.

Deixe o seu comentário

comentários

Deixe seu comentário