Autor do mês - Literalmente, UAI

A Invenção do Crime – Leida Reis

Em A Invenção do Crime, a autora mineira Leida Reis apresenta a reunião de diversas histórias paralelas e ligadas por um tema: os crimes ou como eles surgem na vida dos personagens. 

Os textos são curtos, intensos e marcados por pontos de conflitos e reviravoltas. Mais uma vez, a literatura rebuscada e elegante de Leida aparece em suas páginas. A narrativa corrida e a descrição de cenários e momentos predominam nas histórias. Já os diálogos, são pouco explorados pela autora. 

De uma maneira geral, a leitura flui muito bem, deixando sempre aquela ânsia pelo próximo capítulo e pela próxima história. Os cenários são muitos e as histórias se passam por terras tupiniquim, com momentos em Belo Horizonte, São Paulo e Rio de Janeiro. Angola, Romênia e Líbia também são palcos para os personagens de Leida.

Meu destaque vai para os conflitos que envolvem os personagens e os problemas do cotidiano (drogas, tráfico e violência, por exemplo) que levam às pessoas a cometerem crimes premeditados ou impensados.

A Invenção do Crime é um livro que merece atenção por diversos motivos, mas principalmente pela maneira como a autora narra suas histórias e insere os personagens em dramas do dia a dia, nos instigando a pensar em fatos reais que vemos a todo momento em notícias de jornais ou vivenciamos ao longo da vida.  

Leida é uma jornalista mineira de Patrocínio. Talvez pela profissão tenha desenvolvido o domínio com as palavras para proporcionar ao leitor uma tão bem escrita contação de histórias. Venha conhecer mais sobre nossa autora do mês de agosto. Clique aqui!

No resenhando você encontra resenhas de todos os gêneros!

Anúncios

Deixe o seu comentário

comentários

Deixe seu comentário