Libertad, A atriz | Rafael Sanzio

Libertad, A atriz é uma publicação independente do escritor Rafael Sanzio

O teatro expressa a arte de reinventar a realidade. Eu sou um pouco suspeita para falar, mas acredito que a arte cênica é uma das expressões artísticas mais reais, pois carrega o dom de imitar a vida.

Ilustrando como estamos vivendo, nos levando a refletir sobre e a mudar as direções e situações, ou apenas nos entreter com enredo das aventuras que é viver.

Considerando essa minha paixão pelo teatro, o ponto alto da obra do autor Rafael Sanzio, é justamente por que o pano de fundo da sua história e nada mais e nada menos do que o teatro. Inclusive o personagem principal e narrador do enredo, é nitidamente apaixonado pelo teatro e por uma atriz específica.

O livro Libertad, A atriz, conta a história de um jovem que se apaixona por uma atriz durante suas apresentações. Então ele resolve escrever um conto, expressando o apreço do público pelos artistas que interpretam, usando de uma forma muito sútil a atriz como exemplo.

A trama possui uma linguagem mais rebuscada, digamos até que é um tanto teatral, embora a narrativa seja feito em formato de romance. É preciso atenção e imersão, não só para entender a passagem de tempo da trama, mas para se entregar, se tornando parte do enredo, assistindo tudo da primeira fileira.

Na verdade, de maneira empírica, ele escreve este conto como uma forma de contar para alguém ou apenas registrar os sentimentos que existe dentro dele, referente a essa atriz, que em seu conto e seu imaginário é reconhecida como Libertad.

“Escrever pode ser algo como lançar uma mensagem ao mar dentro de uma garrafa. Nada se sabe sobre quem receberá a mensagem; se será compreendida, ou mesmo lida; ou se o mar que a carrega é um mar de incompreensão” (pag. 52)

No começo a ideia de escrever o conto era apenas para expressar esses sentimentos, mas ele resolve mostrar o conto para outra pessoa e a partir daí, a história que era apenas sua, começa a ganhar outras proporções.

Como já citei acima, essa obra exige entrega e sensibilidade do leitor. E uma história cheia de sentimentos empíricos. Mas quando lido com dedicação e imaginação, é possível se transportar para dentro do livro e se tornar parte dessa obra.

No Resenhando você encontra resenhas de todos os gêneros literários.

Deixe o seu comentário

comentários

Deixe seu comentário