Adaptações literárias que já ganharam o Oscar

O prêmio mais aguardado do mercado cinematográfico está chegando, o Oscar 2019 é amanhã! E, os amantes da sétima arte de todo o mundo já estão empolgadíssimos para conhecer os vencedores desta edição.

E, você, já apostou nos seus favoritos?

Não? Ainda dá tempo. Anota aí e depois volta pra cá para conhecer algumas histórias que já levaram a estatueta e que são adaptações de livros. Ok?

[tempo para você fazer suas apostas do Oscar…]

Apostou? Boa sorte!!! 🍀

Então, agora, vamos falar dos vencedores que saíram das páginas dos livros.

Nos últimos anos, vivenciamos uma enxurrada de filmes baseados em livros pipocando pelas salas de cinema. Os gêneros vão dos romances até as temidas histórias de terror. Mas, essa moda não chegou agora não. Lá em 1940, o clássico …E o Vento Levou ganhou oito estatuetas, incluindo melhor filme, melhor atriz para Vivien Leigh, melhor atriz coadjuvante para Hattie McDaniel e melhor roteiro adaptado. O livro que deu origem a esse clássico do cinema mundial foi publicado em 1936 pela escritora Margaret Mitchell.

E, por falar em clássico, o filme A Noviça Rebelde foi contemplado com o prêmio de melhor filme no ano de 1966. A história da noviça que não consegue se adaptar as regras do convento e vai trabalhar na casa de um capitão, mudando a rotina da casa e da família, foi escrita por Aghate Von Trapp. A adaptação ganhou, ainda, as estatuetas de melhor trilha sonora, melhor diretor, melhor mixagem de som e melhor montagem.

Agora, vamos dar um salto no tempo e chegar em 2004, quando o filme O Senhor dos Anéis: O Retorno do Rei, baseado no livro do mestre da fantasia J.R.R. Tolkien, levou para casa nada mais nada menos do que 11 estatuetas, se tornando o maior vencedor da história do Oscar (ao lado de Titanic e Ben-Hur). Na lista desta adaptação de Peter Jackson estão: melhor filme, melhor diretor e melhor roteiro adaptado.

[pausa para momento fã… Que adaptação sensacional!!!]

Voltando no tempo e destacando uma atuação excepcional do ator Jack Nicholson, contemplado com uma estatueta pelo trabalho, o filme Um Estranho no Ninho, adaptado do livro de Ken Kesey lançado em 1962, ganhou o Oscar de melhor filme no ano de 1976. O longa faturou também os prêmios de melhor atriz para Louise Fletcher, melhor diretor para Milos Forman (falecido no ano passado) e melhor roteiro adaptado.

E, já que estamos falando da década de 70, não podemos ignorar um dos filmes mais aclamados da história do cinema. O Poderoso Chefão, do escritor Mario Puzo, ganhou as telonas com direção de ninguém menos que Francis Ford Coppola, que também assinou o roteiro e levou para casa o Oscar de melhor roteiro adaptado (ao lado de Mario Puzo). Esse clássico mundial foi contemplado, ainda, com as estatuetas de melhor ator para Marlon Brando e melhor filme, em 1973.   

Em 2009, o filme Quem Quer Ser um Milionário? levou uma coleção de estatuetas para casa. Foram oito que incluem melhor filme e melhor roteiro adaptado. O longa foi inspirado no livro Sua Resposta Vale um Bilhão, do autor Vikas Swarup. Dois anos depois, em 2011, foi a vez do filme O Discurso do Rei, adaptado do livro O Discurso do Rei: Como Um Homem Salvou a Monarquia Britânica, de Peter Conradi e Mark Logue, ser o vencedor de melhor filme, levando também os prêmios de melhor ator para Colin Firth, melhor diretor para Tom Hooper e melhor roteiro original para David Seidler.  

E, não para por aí não. Confira nossa lista de filmes adaptados vencedores do Oscar:

O Discurso do Rei  (vencedor em 2011)

Categorias: melhor filme, melhor ator, melhor diretor e melhor roteiro original. 

Livro: O Discurso do Rei: Como Um Homem Salvou a Monarquia Britânica, de Peter Conradi e Mark Logue

 

 

Quem Quer Ser um Milionário? (vencedor em 2009)

Categorias: melhor filme, melhor trilha sonora original, melhor diretor, melhor roteiro adaptado, melhor fotografia, melhor mixagem de som e melhor montagem.

Livro: Sua Resposta Vale um Bilhão, de Vikas Swarup

 

 

Onde os Fracos não Têm Vez (vencedor em 2008)

Categorias: melhor filme, melhor ator coadjuvante, melhor diretor e melhor roteiro adaptado.

Livro: Onde os Velhos não Têm Vez, de Cormac McCarthy

 

 

Menina de Ouro (vencedor em 2005) 

Categorias: melhor filme, melhor atriz, melhor ator coadjuvante, melhor diretor.

Livro: Menina de Ouro, de F.X. Toole

 

 

 

O Senhor dos Anéis: O Retorno do Rei (vencedor em 2004)

Categorias: melhor filme, melhor canção original, melhor trilha sonora original, melhor diretor, melhor roteiro adaptado, melhor efeitos visuais, melhor mixagem de som, melhor figurino, melhor montagem, melhor direção de arte, melhor maquiagem.

Livro: O Senhor dos Anéis: O Retorno do Rei, de J.R.R. Tolkien

 

Uma Mente Brilhante (vencedor em 2002)

Categorias: melhor filme, melhor atriz coadjuvante, melhor diretor, melhor roteiro adaptado.

Livro: Uma Mente Brilhante, de Sylvia Nasar

 

 

O Paciente Inglês (vencedor em 1997)

Categorias: melhor filme, melhor atriz coadjuvante, melhor diretor, melhor trilha sonora original, melhor fotografia, melhor mixagem de som, melhor figurino, melhor montagem e melhor direção de arte.

Livro: O Paciente Inglês, de Michael Ondaatje

 

A Lista de Schindler (vencedor em 1994)

Categorias: melhor filme, melhor trilha sonora original, melhor diretor, melhor roteiro adaptado, melhor fotografia, melhor montagem e melhor direção de arte.

Livro: A Lista de Schindler, de Thomas Keneally

 

 

O Silêncio dos Inocentes (vencedor em 1992)

Categorias: melhor filme, melhor ator, melhor atriz, melhor diretor e melhor roteiro adaptado.

Livro: O Silêncio dos Inocentes, de Thomas Harris

 

Dança com Lobos (vencedor em 1991) 

Categorias: melhor filme, melhor trilha sonora original, melhor roteiro adaptado, melhor diretor, melhor fotografia, melhor mixagem de som e melhor montagem.

Livro: Dança com Lobos, de Michael Blake

 

 

Entre Dois Amores (vencedor em 1986) 

Categorias: melhor filme, melhor diretor, melhor trilha sonora original, melhor roteiro adaptado, melhor fotografia, melhor mixagem de som, melhor direção de arte.

Livro: A Fazenda Africana, de Isak Dinesen

 

 

Laços de Ternura (vencedor em 1984) 

Categorias: melhor filme, melhor atriz, melhor ator coadjuvante, melhor diretor e melhor roteiro adaptado, 

Livro: Laços de Ternura, de Larry Mcmurtry

 

 

Gente Como a Gente (vencedor em 1981) 

Categorias: melhor filme, melhor diretor, melhor ator coadjuvante e melhor roteiro adaptado.

Livro: Gente Como a Gente, de Judith Guest

 

 

Um Estranho no Ninho (vencedor em 1976) 

Categorias: melhor filme, melhor ator, melhor atriz, melhor diretor e melhor roteiro adaptado.

Livro: Um Estranho no Ninho, de Ken Kesey

 

 

O Poderoso Chefão (vencedor em 1973) 

Categorias: melhor filme, melhor ator e melhor roteiro adaptado, 

Livro: O Poderoso Chefão, de Mario Puzo

 

 

A Noviça Rebelde (vencedor em 1966) 

Categorias: melhor filme, melhor trilha sonora original, melhor diretor, melhor mixagem de som e melhor montagem.

Livro: A Noviça Rebelde, de Agathe Von Trapp

 

 

As Aventuras de Tom Jones (vencedor em 1964) 

Categorias: melhor filme, melhor diretor, melhor trilha sonora original e melhor roteiro adaptado.

Livro: Tom Jones, de Henry Fielding 

 

 

Lawrence da Arábia (vencedor em 1963) 

Categorias: melhor filme, melhor diretor, melhor trilha sonora original, melhor fotografia, melhor mixagem de som, melhor montagem e melhor direção de arte.

Livro: Lawrence da Arabia, a Miragem de uma Guerra no Deserto, de Adrian Greaves

 

 

Gigi (vencedor em 1959) 

Categorias: melhor filme, melhor diretor, melhor roteiro adaptado, melhor fotografia, melhor figurino, melhor montagem, melhor direção de arte e melhor música original.

Livro: Gigi, de Colette

 

A Ponte do Rio Kwai (vencedor em 1958)  

Categorias: melhor filmes, melhor ator, melhor diretor, melhor trilha sonora original, melhor roteiro adaptado, melhor fotografia e melhor montagem

Livro: A Ponte do Rio Kwai, de Pierre Boulle 

 

 

A Volta ao Mundo em 80 Dias (vencedor em 1957) 

Categorias: melhor filme, melhor roteiro adaptado, melhor montagem, melhor fotografia e melhor trilha sonora.

Livro: A Volta ao Mundo em 80 Dias, de Júlio Verne

 

A Um Passo da Eternidade (vencedor em 1954) 

Categorias: melhor filme, melhor ator coadjuvante, melhor atriz coadjuvante, melhor diretor, melhor roteiro adaptado, melhor mixagem de som, melhor montagem e melhor fotografia: preto e branco.

Livro: A Um Passo da Eternidade, de James Jones

 

 

A Grande Ilusão (vencedor em 1950) 

Categorias: melhor filme, melhor ator, melhor atriz coadjuvante.

Livro: A Grande Ilusão, de Robert Penn Warren

 

 

 

Farrapo Humano (vencedor em 1946)

Categorias: melhor filme, melhor ator, melhor diretor e melhor roteiro adaptado.

Livro: Farrapo Humano, de Charles Jackson

 

 

Rosa de Esperança (vencedor em 1943) 

Categorias: melhor filme, melhor atriz, melhor diretor, melhor atriz coadjuvante, melhor roteiro adaptado e melhor fotografia: preto e branco.

Livro: baseado numa série de colunas de Jan Struther para o Jornal The Times

 

 

Como Era Verde o Meu Vale (vencedor em 1942) 

Categorias: melhor filme, melhor diretor, melhor ator coadjuvante, melhor direção de arte: preto e branco e melhor fotografia: preto e branco.

Livro: Como Era Verde o Meu Vale, de Richard Llewellyn

 

 

Rebecca, A Mulher Inesquecível (vencedor em 1941)

Categorias: melhor filme e melhor fotografia: preto e branco.

Livro: Rebecca, A Mulher Inesquecível, de Daphne Du Maurier

 

 

‘…E o Vento Levou’ (vencedor em 1940) 

Categorias: melhor filme, melhor atriz, melhor atriz coadjuvante, melhor diretor, melhor roteiro adaptado, melhor fotografia, melhor montagem, melhor direção de arte e Oscar honorário.

Livro: E o Vento Levou, de Margaret Mitchell

 

O Grande Motim (vencedor em 1936) 

Categorias: melhor filme

Livro: O Grande Motim, de Charles Nordhoff e James Norman Hall, baseado num caso real.

 

 

 

Grande Hotel (vencedor em  1932)

Categorias: melhor filme

Livro: Menschen im Hotel, de Vicki Baum

 

 

 

Cimarron (vencedor em 1931) 

Categorias: melhor filme, melhor roteiro adaptado e melhor direção de arte.

Livro: Cimarron, de Edna Ferber

 

 

Sem Novidade no Front (vencedor em 1930) 

Categorias: melhor filme e melhor diretor.

Livro: Sem Novidade no Front, de Erich Maria Remarque

 

 

 

E, aí, já assistiu alguns desses filmes que foram baseados em livros? Conta pra gente!!!

O LiteralMente, UAI tem um espaço reservado para adaptações. Clique aqui e vem ler!

Anúncios

Deixe o seu comentário

comentários

Deixe seu comentário