Foto: Adão de Souza / PBH

Prefeitura de BH abre inscrições para dois prêmios literários

As obras devem ser inéditas e escritas em língua portuguesa. As inscrições para os dois prêmios literários vão até o dia 4 de novembro.

O Concurso Nacional de Literatura Prêmio Cidade de Belo Horizonte 2019 e o Concurso Nacional de Literatura João de Barro – Literatura para Crianças e Jovens 2019 já fazem parte da tradição literária da capital mineira.

Os prêmios são os mais tradicionais do Brasil e visam valorizar e fomentar a produção literária nacional com obras inéditas. As inscrições são gratuitas.

Os editais foram publicados no Diário Oficial do Município do último dia 19. Para mais informações, o público também poderá entrar em contato por meio dos e-mails: premiocbh@pbh.gov.br e joaodebarro@pbh.gov.br.

Nessa edição, o Prêmio Cidade de Belo Horizonte contempla obras nas categorias dramaturgia e romance. Já o Prêmio João-de-Barro contempla obras nas categorias texto literário e livro ilustrado, com projeto gráfico completo, voltadas para jovens e crianças. A obra vencedora em cada categoria receberá um prêmio de R$ 25 mil.

Prêmio Cidade de Belo Horizonte:

Criado em 1947, na comemoração do cinquentenário da capital, é o concurso literário mais antigo do país. Um de seus principais atributos é o fato de premiar apenas obras inéditas. A cada edição, o prêmio revela novos escritores e obras e dá visibilidade à produção literária do país, sendo que as categorias premiadas são alternadas entre dramaturgia e romance ou conto e poesia.

Prêmio João-de-Barro:

Criado em 1974, é um dos mais longevos e relevantes prêmios literários nacionais voltados para literatura infantil e juvenil. Seu formato arrojado abarca distintos aspectos da criação de livros para crianças e jovens, sendo de grande relevância para o cenário nacional de criação literária direcionada a crianças e jovens, particularmente porque revela a evolução da literatura infantil e juvenil contemporânea no país.

Nesta edição:

  • Além de pessoas físicas brasileiras e natas, estrangeiros residentes no país também poderão participar dos concursos.
  • As obras inscritas devem ser inéditas e escritas em língua portuguesa.
  • Cada proponente só poderá ser premiado em uma única categoria no mesmo edital, ainda que possa inscrever mais de uma obra na mesma categoria ou em categoria distinta.
  • A avaliação das obras inscritas será feita por uma comissão julgadora composta por três especialistas em cada uma das categorias dos prêmios.

Fique por dentro dos principais lançamentos literários. Clique aqui.

Deixe o seu comentário

comentários

Deixe seu comentário