trem da meia noite

Trem da Meia-Noite

Sob o luar minguante

Eu divaguei

Aguardando o som

Que me tirasse

Os pensamentos

 

Exasperado

Contando os segundos

Eu o esperava

Um alguém,

Nunca antes visto

 

Um ticket na mão

Era o símbolo

Uma passagem

Só de ida

Para noite adentro

 

O relógio gritava

A tão esperada

Hora chegará

E agora?

Resta-me embarcar

Em direção 

Ao Desconhecido

 

Gostou do que leu? se inspire! leia mais:

 

Quem sou EU?!

House Of Memories

 

 

Se você além de gostar de poesia, também escreve, divulgue aqui.

Envie seu texto para contato@literalmenteuai.com.br

 

Deixe o seu comentário

comentários

Deixe seu comentário