Editora Planeta lança o livro Irmã Dulce, a santa dos pobres

O livro Irmã Dulce, a santa dos pobres é o resultado de oito anos de pesquisa do jornalista Graciliano Rocha,  consultando documentos entre três países, Brasil, Estados Unidos e Itália.

A obra chega às livrarias na véspera da canonização de Irmã Dulce, a primeira santa nascida no Brasil.

Foram mais de 100 entrevistados entre familiares da freira e importantes representantes dos meios católico, político e empresarial, como o ex-presidente José Sarney, o banqueiro Angelo Calmon Sá e o empreiteiro Norberto Odebrecht (1920-2014), este último amigo próximo da freira por mais de 50 anos.

Para além da religião

O livro apresenta Irmã Dulce como uma mulher forte e empreendedora, que fundou um hospital, criou um orfanato e era o último recurso de pobres e doentes que não tinham outra porta a bater. Isso foi importante em uma época em que não existia o SUS e pessoas sem carteira assinada não tinham direito a atendimento em hospitais públicos.

Irmã Dulce antecipou em muitas décadas a chegada das mulheres a posições de liderança em um tempo em que a sociedade relegava um papel subalterno às mulheres. Ela assumia riscos e tinha enorme capacidade de tirar do papel grandes empreendimentos num mundo dominado por homens, sem se deixar dominar por eles.

Sobre o autor

Graciliano Rocha nasceu em São Paulo, em 1976. Formou-se em Jornalismo na Universidade Federal de Mato Grosso do Sul. Trabalhou no jornal Folha de S.Paulo, onde cobriu temas como a renúncia de Bento XVI, a guerra do Mali (África) e a operação Lava Jato. Atualmente, é editor do BuzzFeed News no Brasil.

Ficha Técnica

Livro: Irmã Dulce, a santa dos pobres

Autor: Graciliano Rocha

Páginas: 296 páginas

Valor: R$ 49,90

Mais informações e vendas clique aqui

Mais novidades do mundo literário, clique aqui

Deixe o seu comentário

comentários

Deixe seu comentário