Aprendendo na prática sobre as dores e delícias de ser mãe 

Vai devagar tempo! Já são quatro anos cuidando do serumaninho mais importante da minha vida, e aprendendo na prática sobre as dores e delícias da maternidade.

Esses dias eu tinha um bebê que dependia de mim para tudo e hoje eu já tenho uma criança de 4 anos que busca ser cada dia mais independente!

Os desafios se modificam ao longo do tempo, e nós mães percebemos que conseguimos sobreviver às mais diversas fases, e com os aprendizados, vamos nos fortalecendo para as próximas.

É difícil ser mãe, né? É uma mistura louca de sentimentos!

A gente enfrenta muitas dores ao longo do tempo. Afinal, dói a saudade quando vamos trabalhar, dói a culpa de várias coisas bobas, dói cada castigo que damos, dói achar que não estamos conseguindo impor limites, dói ver eles doentes, dói o primeiro dia de aula, dói ver eles crescendo, mas ao mesmo tempo é maravilhoso ver essa transformação!

A gente quer que eles criem asas, e quando elas começam a brotar, a vontade é de cortar para que eles nunca deixem o ninho. Entretanto, sabemos que não podemos cortar e sim ensinar a voar.

Também é difícil ensinar, saber se estamos certas, se é assim mesmo, mostrar a porta do mundo aberta. Porém, não existe nada mais gratificante do que ver eles dando os primeiros vôos!

A Maria completou 4 anos em fevereiro e essa idade chegou sacudindo ela, que já é tão agitada. 

Ela estava ansiosa, porque acredita que fazer 4 anos é ser grande! O sorriso dela no momento que acordou e quando soprou as velinhas falavam por si só.

Toda hora ela mostra como cresceu, como já sabe fazer tantas coisas. Ela está radiante!

Ela se sente cada dia mais independente, mais dona de si, mesmo ainda sendo tão pequena para esse mundo louco.

E eu fico aqui aprendendo a lidar com cada fase nova que chega. Porque cada dia é uma diferente e com mais desafios!

Tem dias que me sinto a Mulher Maravilha, enquanto em outros o sentimento de pior mãe do mundo invade meu coração.  Mas vou aprendendo a lidar com esse turbilhão de emoções e experimentando todas as dores e delícias que a maternidade tem para me oferecer!

Veja mais historietas de mães!

A coluna LiteralMente,mae! é publicada quinzenalmente aos domingos. As opiniões e fatos não refletem necessariamente a opinião de todas as mães, mas sim a vivência da colunista.

Quer trocar experiências comigo? Envie e-mail para gabriela@literalmenteuai.com.br

Deixe o seu comentário

comentários

Deixe seu comentário