Capa do livro Onde não nascem borboletas azuis

Onde não nascem borboletas azuis, a construção de nova república pós-ditadura

O segundo romance histórico de Marcus Vinícius Leite, Onde não nascem borboletas azuis, nos apresenta o momento da redemocratização do Brasil, após o regime militar. 

Sob o olhar de Marília, Liliane e Marianne, netas de dona Arlete, uma senhora que lutou contra a ditadura e carrega os traumas desse período, as jovens acompanham e refletem sobre o novo momento do país. 

Através das personagens, acompanhamos os momentos históricos da nova república. 

A ideia era lidar com a defesa da democracia e da república, associando-as ao feminino e realizando uma contraposição às mazelas do Brasil atual. Comenta o autor.

Lançado de forma independente, a obra está disponível como ebook na KDP da Amazon.

Acompanhe mais sobre o autor aqui.

Mais novidades do mundo literário, continue navegando!

Deixe o seu comentário

comentários

Deixe seu comentário