Thelma & Louise e a busca pela liberdade!

Depois de um bom tempo, finalmente assisti ao filme “Thelma & Louise” e resolvi contar a experiência aqui para vocês, porque esse filme merece destaque nesta coluna.

“Thelma e Louise” é um filme da década de 90, estrelado pelas atrizes Susan Sarandon e Geena Davis, e dirigido por Ridley Scott. O filme ganhou o Oscar de melhor roteiro original, além de ter concorrido em outras categorias de destaque. Louise (Susan Sarandon) é uma garçonete e Thelma (Geena Davis) uma dona de casa. As duas vivem vidas monótonas.

Louise está cansada do trabalho e do namorado que não valoriza a relação, e Thelma do seu marido e da rotina do seu casamento. As duas amigas resolvem sair de férias, pegando a estrada, em busca de diversão. Durante essa viagem, elas se envolvem em um crime, Louise mata um estuprador para salvar sua amiga. As duas acabam decidindo pela fuga, são perseguidas pela polícia e se envolvem em outras confusões.

Ao falar sobre igualdade de gênero, liberdade feminina, assédio e violência sexual, o filme levanta a bandeira do feminismo. No decorrer da viagem, as duas personagens se libertam. Thelma se liberta do relacionamento abusivo e infeliz. Louise demonstra que, apesar de ser uma mulher forte, também precisa se libertar dos traumas que sofreu no passado. Em meio as atitudes atrapalhadas, risos e momentos de desespero, as duas buscam por liberdade e pelo controle de suas vidas. O filme se tornou um clássico, com direito a cenas de questionamento, frases de impacto e um final surpreendente.

Thelma e Louise são bem construídas e as atuações de Susan Sarandon e Geena Davis se encaixam perfeitamente às personagens. No decorrer do filme, fiquei morrendo de vontade de viajar ou ter uma amiga parceira, no estilo das duas. Apesar de tão diferentes e opostas, elas se respeitam, aceitam as diferenças e mais que isso, cuidam uma da outra.

Recomendo esse filme. Assistam! As cenas, os diálogos e as atrizes são maravilhosas. Sem falar na trilha sonora também!

Vale a pena ver e se for o caso, rever!

 

 

Confira o post especial, sobre o filme “Bonequinha de Luxo”: Como Bonequinha de Luxo mudou a visão sobre a mulher, no cinema

Envie seu e-mail para a colunista: afia@literalmenteuai.com.br

Deixe o seu comentário

comentários

Deixe seu comentário