The Umbrella Academy

Após novo streaming da Disney, Netflix aposta em super heróis como The Umbrella Academy

O milionário Reginald Hargreeves adotou sete crianças com poderes especiais a fim de treiná-las para combater o mau. Quando ele falece, seus filhos se unem, após um longo tempo afastados, para investigar as causas de sua morte e isso os leva a uma jornada de descobertas e segredos que seu pai escondeu durante toda a vida.

Confira o trailler:

A série promete mais do que entrega, recheada de clichês, The Umbrella Academy não surpreende pela história. Apesar de um elenco bem conhecido como Ellen Page, Tom Hopper e Cameron Britton, quem rouba a cena é o garoto de apenas 15 anos, Aidan Gallagher. No papel de “Number Five” Aidan dá uma aula de atuação e faz o espectador realmente acreditar que ele é um homem vivendo em um corpo de garoto.

The Umbrella Academy | Aidan Gallagher | Divulgação

Outro personagem de destaque é Klaus. Vivido por Robert Sheehan, Klaus é considerado o  “degenerado” da família, viciado em drogas e álcool seu poder é ver e ouvir os mortos. O que explica seus vícios, cada vez que tenta ficar sóbrio as visões pioram e ele enlouquece. Mesmo assim personagem é o alívio cômico da série e Robert o faz muito bem, ao lado de Ben (Justin H. Min) o irmão falecido, ele consegue prender o espectador na história, que muitas vezes se perde em seu próprio enredo.

Foto Robert Sheehan, Tom Hopper| Divulgação

Um dos maiores clichês da série é Vanya, interpretada por Ellen Page. A personagem é excluída de todas as atividades da família por supostamente não ter poderes e ser “comum”. Porém, logo no começo da série já podemos perceber que na verdade ela é a mais poderosa e foi intencionalmente manipulada a acreditar que não era especial. Ellen Page não surpreende no papel e mantém a mesma pose sem graça mesmo depois de descobrir todo seu potencial, decepciona muito na atuação.

Uma das coisas interessantes sobre a série é a dificuldade que o sete irmãos têm em conviver. Mesmo antes de se separarem, os heróis já se sentiam pressionados por tantas expectativas, tanto do pai, quanto da sociedade que os viam somo salvadores. Além de mostrar que muitas vezes seus super poderes são um fardo a carregar.

The Umbrella Academy | Foto Aidan Gallagher, David Castañeda, Ellen Page, Emmy Raver-Lampman, Robert Sheehan

No geral, The Umbrella Academy é divertida de assistir por se tratar de super heróis e ter bastante ação. Sua estética é muito boa, com cores vibrantes e uma fotografia à altura, a trilha sonora é também um ponto de destaque. Muito bem colocada, principalmente nas cenas de ação, prende o espectador nas horas mais emocionantes.

The Umbrella Academy | Divulgação

A história em si deixa muito a desejar, clichês são bem vindos quando bem utilizados, o que não foi o caso na série. Espero que a segunda temporada seja mais surpreendente e menos óbvia em alguns aspectos, vamos aguardar.

O texto é uma gentil colaboração da jornalista Isabel Félix. Agradecemos imensamente a sua confiança. Siga a Isabel na página @oficinageekreal

A Oficina Geek está de cara nova, clique e confira as principais novidades do mundo do cinema e da TV. Críticas, teorias, dicas e as últimas notícias sobre as séries e filmes que a gente mais gosta (ou não), fique ligado nos nossos stories, todos os dias as principais notícias da cultura pop.

A essência e aparência da vida: Rúbia Costa

Meu mundo invertido: Felipe Andrade

Dependência amorosa: Samuel Reis

Deixe o seu comentário

comentários

Deixe seu comentário