Sulco é um vilão malvado desde o nascimento

“O Segredo da Caveira de Cristal” é um livro do gênero fantasia, com seres fantásticos, magos, bruxas e claro, um vilão. Trata-se de uma treta familiar que começa quando o rei precisa decidir qual dos filhos gêmeos vai herdar o trono. A questão é que quando da gravidez da rainha o soberano já havia prometido o trono ao filho que nascesse primeiro, no caso, Sulco. Um garoto chato, maldoso e mal-humorado que cresceu na expectativa da herança do trono para recomeçar a guerra que o pai custou a pôr fim.

Após uma visita a um mago da cidade, o rei tem uma revelação que já esperava, caso escolha Sulco, o futuro do reino será de sofrimento para o seu povo, com muitas guerras, violência e tirania. Mas o rei pode quebrar sua promessa e escolher Heian, o segundo filho, que já veio ao mundo vencendo a batalha da sobrevivência contra o irmão, dentro da barriga da mãe. Heian, óbvio, é o oposto de Sulco, doce e gentil, é visto como bondoso demais e não vê maldade nas pessoas.

Não é spoiler, OK? O rei decide deixar o trono para Heian e Sulco, claro, não aceita a decisão e faz de tudo para ter o poder. E quando eu digo tudo, é tudo mesmo. Ele manipula, ameaça, intimida, mata (inclusive parentes), aprende magias e as usa em seu favor. Ele vive enfurnado em uma área do palácio planejando e executando suas atrocidades. Sulco faz feitiços. Sulco sabe usar a espada. Sulco sabe lutar. Ele é desses que decapita os criados que trazem notícias que não o agradam. Sulco é daqueles vilões que não escondem sua maldade. Ele já nasceu assim.

Detalhe importante: A imagem que usamos para ilustrar o Sulco foi dica da escritora Mallerey Cálgara

Vilões aterrorizam e assombram qualquer história, mas sem eles será que teria a mesma graça? Confira aqui outros vilões literários

Deixe o seu comentário

comentários

Deixe seu comentário