Entre Vinhos & Cafés | Fernanda Mello

Entre Vinhos & Cafés, da mineira Fernanda Mello, apresenta ao leitor a escritora Maria D. e sua busca por si própria. Entre amores e desilusões – vinhos e cafés -, a protagonista se vê diante de um novo desafio: escrever seu primeiro romance ao mesmo tempo em que precisa superar o término de um relacionamento conturbado.

Pressionada pela editora e com um bloqueio criativo momentâneo, Maria decide que quer inspirar mulheres por meio de seu livro, ignorando o pedido da editora por um romance tórrido e tornando sua história uma narrativa para encorajar e dar voz às mulheres, mostrando que elas podem e devem ser livres.

Ao longo do livro, é possível perceber que, a medida em que Maria vai dando a volta por cima e se conhecendo melhor, Bia, a personagem de seu romance, vai ganhando força, independência e maturidade, se tornando uma espécie de “arte imitando a vida”.

“Digito sem pensar, num misto de desabafo e de profunda conexão com Bia. Ela não só me representa como tem, dentro de si, um pouco de cada mulher que existe (e luta) por ai”.

O livro é bom, bem escrito e a leitura flui, mas a história não surpreende logo no início, o que NÃO é motivo para desistir porque, sim, o desenrolar cativa o leitor e a torcida pela protagonista vai se evidenciando. Pelo menos, é o que posso afirmar por experiência própria.

É muito bom ver o crescimento de Maria como protagonista e se mostrar uma personagem “gente como a gente”, cercada de decepções amorosas, que impulsionam vícios, e de amigas focadas em colocá-la pra cima quando, muitas vezes, o que ela quer é ficar na cama o dia todo, mas, que no fim, descobre o que é melhor para sua vida e vira uma importante chave em sua própria história.

Frases que inspiram

Cada capítulo do livro é marcado por uma frase, geralmente relacionadas a vinhos e cafés. São vários trechos escritos por autores famosos, evidenciando a temática do romance. 

“Embriagai-vos, sem cessar! De vinho, de poesia, ou de virtude…”. (Charles Baudelaire)

Capa

Por fim, preciso exaltar a capa de Entre Vinhos & Cafés. A imagem “em movimento” que ilustra a capa dura do livro, além de linda, passa a percepção de algo agitado, como o momento de vida que a protagonista está vivendo e também a correria da cidade de São Paulo, local onde a história se passa.

Pelo ponto de vista estético, o livro é incrível, com fotos ilustrativas e páginas coloridas. Mais um exemplo de livro que nos atrai já pela capa

No Resenhando você encontra resenhas de todos os gêneros literários.

Deixe o seu comentário

comentários

Deixe seu comentário