Coisas Frágeis | Neil Gaiman

Coisas frágeis é uma coletânea de nove contos de gêneros completamente distintos, que ressaltam e reforçam a versatilidade e a mente brilhante de Neil Gaiman.

Um dos mais célebres escritores britânicos com mais de 20 anos de carreira, Neil Gaiman passeia pela literatura infantil, quadrinhos como Sandman, romances como Deuses Americanos (adaptado para TV em 2017), contos e até mesmo uma minibiografia de outro gênio best-seller da literatura mundial, Douglas Adams, autor do Guia do Mochileiro das Galáxias.

Um Estudo em Esmeralda| Investigação policial: Um conto no melhor estilo Sidney Sheldon e Agatha Christie. Um escritor passa a dividir o apartamento com um consultor de investigação, designado para desvendar o mistério da morte do príncipe Franz Drago, da Boêmia. Acompanhamos os dois desvendando as pistas e os mistérios. Achei muito legal a sacada de colocar ao início de cada capítulo deste conto propagandas e anúncios inusitados.  

A Vez de Outubro | Suspense: É um conto excêntrico, cujos personagens são os meses do ano, suas particulares e características. Eles têm personalidades únicas e se unem para contar histórias, cada qual do seu jeito. Agora é a vez de Outubro entreter os amigos e nos brindar com a história de Nanico, um menininho que decide fugir de casa, por não aguentar mais o bullying e maus tratos. Ao tomar essa decisão, Nanico conhecerá um amigo fiel e companheiro, o Anjo. Os mistérios que rondam esse amigo e a interação dos meses nos dá um desfecho genial para a história. 

Lembranças e Tesouros | Drama É um conto pesado que fala sobre pedofilia, abuso sexual e assassinatos. Também tem um contexto interessante e ágil, e traz um pouco sobre a lenda dos Shahinai, povo que tem os homens mais bonitos do mundo.

Os Fatos no Caso da Partida da Senhorita Finch | Mistério e Suspense: Um grupo de amigos saem a noite em busca de distração vão parar no Teatro dos Sonhos Noturnos, uma atração turística, sombria e bem assustadora. A descrição dos cenários deste conto te levam, literalmente, para dentro de cada cena.

O Problema de Susan | Fantasia: Neste conto, qualquer semelhança com a história de Nárnia não é mera coincidência. Greta tem um sonho estranho, que envolve um leão dourado e uma feiticeira. Na vida real, ela visitará uma professora chamada Susan, uma senhora reclusa, apaixonada por literatura, que ainda guarda em um quarto antigo certos livros infantis, uma penteadeira do tempo da guerra e um guarda-roupa empoeirado feito com madeira de macieira.

Golias | Ficção científica: É o conto mais crazy da coletânea e traz a história de um homem comum que passa por uma experiência, para variar, nada comum, envolvendo alienígenas, desconexão da realidade, volta ao passado, presente e futuro.

“Numa história de ficção, acho que teria me recusado a acreditar que aquilo estava acontecendo, teria me perguntado se tinha sido drogado ou se estava sonhando.” (pág.106).

Como Conversar com Garotas em Festa | Ficção científica: Foi o conto que mais gostei. Dois amigos que querem se dar bem numa festa, dessas tradicionais de adolescentes de filmes americanos regadas a bebidas e sexo, conhecem algumas garotas, e isso é bom demais para os planos deles, porém elas não são presa fácil, pelo contrário, elas vão mostrar a eles que são literalmente de outro mundo. Os diálogos são inteligentes, e a história merecia pelo menos mais umas 200 páginas. 

O Pássaro-do-Sol | Fantasia: Apresenta um grupo de amigos bem excêntricos que fazem parte do Clube Epicuriano*. Os membros desse clube são descendentes de várias gerações que experimentaram o prazer de comidas inimagináveis, que vai desde besouros, a carne humana, e, por fim, se inicia uma busca ao lendário Pássaro-do-Sol do Cairo.

*Definição de epicurismo segundo o Priberam:  Doutrina de Epicuro, filósofo grego (341-270 a.C.), caracterizada pela defesa da busca da vida feliz através de desejos e prazeres moderados e sem grandes perturbações, da administração da dor, da diminuição do medo da morte, do destino e das divindades, preconizando também o conhecimento empirista, a física atomista e a ética.

O Monarca do Vale | Aventura e Fantasia: É um conto derivado de uma das obras mais famosa de Gaiman – Deuses americanos, trazendo o personagem principal Shadow em uma aventura sobrenatural. É uma leitura ágil e informativa. Gostei bastante de conhecer e saber um pouquinho mais sobre a mitologia da Escócia. 

Coisas frágeis foi a minha primeira experiência com a escrita de Gaiman. Gostei bastante da fluidez da leitura, da inteligência em torno das histórias e da construção das cenas.

A leitura de Coisas frágeis te instiga a procurar saber mais sobre os assuntos que servem como pano de fundo, pois se passam em diversos locais do mundo, em várias épocas da história e com personagens completamente distintos.

Contos sempre deixam um gostinho de quero mais, embora nem todos os de Coisas frágeis me chamaram a atenção, mas só a concepção da história e a sua condução já valem a leitura.

O livro Coisas frágeis é uma publicação da editora Conrad. Compre aqui

No Resenhando você encontra resenhas de todos os gêneros literários.

Deixe o seu comentário

comentários

Deixe seu comentário