Faço aniversário em janeiro e tenho o costume de renovar o estoque das minhas maquiagens nesse mês. Assim, fico com a impressão que comecei o ano com o pé direito. Uma semana depois de completar 25 anos, deixaram aqui em casa, duas revistas, pra eu escolher os produtos que já tinha costume de comprar. Folheando uma das revistas, me deparo com um produto que me deixou em choque. Sim, o Renew 25 anos. Nesse momento minha ficha caiu. Caraca, tem produto Renew pra minha idade! A crise existencial foi instaurada na minha cabeça.  

Parei na frente do espelho e comecei a reparar no meu rosto. Será que eu preciso de Renew 25 anos? Fiquei me perguntando. Apalpei cada parte do meu rosto. Reparei nas olheiras, procurei por linhas de expressão “bigode chinês”, pés de galinha e tudo o mais. Uma neura total! Quase fui parar no terapeuta pra falar sobre o produto. Me imagino desabafando e o terapeuta perguntando: “Rene…O quê?”

Bom, depois de escolher todas as minhas maquiagens, voltei na página do produto e o fiquei encarando por um tempo. Será que eu peço, ou não peço? Fiquei no dilema. Mas se eu assinar aqui, fazendo o pedido, as pessoas podem ver que eu já uso Renew 25 anos. O pessoal me conhece aqui na região.. Sim, parece loucura, mas já sofri crise de idade, por causa do Renew. No final, resolvi não comprar. Achei que não havia necessidade.

Passaram três anos, desde o fatídico dia que eu sofri, por causa de um produto anti-idade. Você pode estar se perguntando se eu ainda sofro pra comprar ou se uso hoje em dia. Na verdade, já experimentei, sim. Mas, ao usar, saiu uma espinha enorme no meu rosto. Não é culpa do produto, conheço pessoas que usam e adoram. A espinha “The mônia” é um detalhe do meu tipo de pele. 
Enfim, não tenho mais essa neura. Compro produtos para a pele, paro nos quiosques do shopping pra saber as novidades. Meus corretivos são líquidos, porque corretivo em creme ficam acumulados nas linhas de expressão. Faço questão de falar isso para as vendedoras das lojas de maquiagem e postar textão nas páginas de maquiagens (Precisamos falar sobre produtos que ficam acumulados em linhas de expressão, sim #ProblematizaçõesChiques hahaha).

Sofrer por comprar produtos de beleza? Não mais. A vida também é bonita depois dos 25. E, se tiver o Renew ou qualquer outro produto que possa ajudar nisso, melhor ainda! Se não tiver também, não tem problema. Vou amar cada linha de expressão que surgir no meu rosto, porque é um sinal que ri e me expressei demais! 

Gostou da coluna “Antes dos 30“, confira também “Antes dos 30, com filhos“. Se você já passou dos 30, não se preocupe aqui tem um espacinho pra você “Depois dos 30“.

A coluna Antes dos 30 é publicada aqui todo sábado. As opiniões e fatos não refletem, necessariamente, a opinião de todas as pessoas que estão perto de completar 30 anos.
Entre em contato com a colunista pelo e-mail afia@literalmenteuai.com.br

 

Deixe o seu comentário

comentários

Deixe seu comentário