Capa do livro Partiremos ao Amanhecer.

Partiremos ao amanhecer: obra apresenta um resgaste histórico da imigração italiana no Brasil

Ainda é possível descobrir novas histórias sobre a imigração italiana no Brasil? Já tivemos livros e programas televisivos, como minisséries e novelas, que marcaram os telespectadores brasileiros. Porém, Luiz Gustavo Parise provou que ainda temos muito que descobrir e nos convida para uma viagem no tempo com a obra Partiremos ao amanhecer.

O livro faz um resgate desde a Itália, no período pré-imigração, até a chegada nas terras brasileiras. Uma extensa pesquisa foi realizada. Foram avaliados mais de dois mil documentos na Itália, onde Luiz esteve 5 vezes, leitura de mais de 30 livros, além de entrevistas. Um grande esforço que resultou em 400 páginas.

A família de Parise é citada no livro ao lado de dezenas de outras famílias de origem italiana. Com o livro, conhecemos as raízes de milhões de brasileiros com ascendência italiana. O prefácio foi escrito por Rubens Gennaro, reconhecido pelos filmes Anita e Garibaldi, Cafundó e Oriundi.

Aquele domingo começava na mesmice de todos os outros com os colonos
acordando cedo para irem à santa missa na igreja matriz.
Com a única diferença de que para Sante Parise e sua família seria a primeira vez que a visitariam.
Mas era só isso. Não havia nada no ar que prenunciasse a importância que
aquela data teria na História do Brasil. Ninguém sabia que às três da tarde daquele dia de descanso,
na capital do império, a Lei Áurea seria assinada.
(Partiremos ao Amanhecer, p. 259)

Você pode adquirir seu livro neste link.

Mais novidades do mundo literário, continue navegando!

Deixe o seu comentário

comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *