Sou apaixonada pela escrita da Jojo Moyes. É uma autora que me surpreende a cada livro, abordando sempre assuntos diversificados. Sempre que eu leio um livro da Jojo, acabo a leitura, sabendo um pouquinho mais sobre um assunto. Com “O Navio das Noivas” não foi diferente. Jojo aborda um tema, não muito falado e até um pouco esquecido, que ocorreu após a Segunda Guerra. O livro narra a história de esposas que atravessaram o oceano para reencontrar os homens com quem se casaram, durante a Segunda Guerra. Sou formada em História, e sou muito interessada nos assuntos sobre esse conflito, portanto, nem preciso falar que fiquei encantada com esse romance, né? 

A história do livro acontece em Sydney, na Austrália, em 1946, logo após o término oficial da guerra. Jojo nos explica que em 1946, a Marinha Real realizou o repatriamento de esposas do pós-guerra, mulheres que haviam se casado com oficiais ingleses, que estavam em serviço em outros países. E, que sua avó, estava entre as seiscentas e cinquenta e cinco esposas que embarcaram no porta-aviões HMS Victorius. Essas esposas tiveram a companhia de mais mil e cem homens. Isso pode dar muita confusão, né? Portanto, o livro é de ficção, as personagens principais do livro, são fictícias, mas, tudo foi inspirado nessa viagem real.

A história envolve quatro mulheres: Maggie, Avice, Jean e Frances. Maggie é filha de fazendeiros, amável e muito apaixonada pelo seu marido. Ela me conquistou de cara. Avice tem uma personalidade egoísta e desagradável, é uma garota um pouco superficial que se preocupa muito com as aparências e status. Jean é a personagem mais nova, é imatura e isso a deixa em apuros durante a viagem. Frances é uma enfermeira misteriosa e muito reservada, sua história vai se revelando no decorrer do livro. Adianto que ela se tornou a minha personagem preferida. Com personalidades próprias, fortes e reais, essas mulheres embarcam nesse navio, com o mesmo objetivo: chegar à Inglaterra. O navio possui regras rígidas, e, no decorrer da leitura, você percebe que a viagem promete mudar para sempre a vida dos tripulantes.

Durante essa viagem inesquecível, laços são formados, laços são desfeitos e segredos são revelados. O livro tem uma narrativa maravilhosa, as personagens são singulares, cada uma com a sua peculiaridade, fazendo com que o leitor se envolva de uma forma particular com cada uma. Sem falar que a escrita da Jojo é sempre maravilhosa, a história te prende de uma forma encantadora.
Recomendo demais!

Por falar em Jojo, o que são essas capas maravilhosas dos livros dela? Na sessão “Comprei pela capa” tem livro dela. Confira!

 

Deixe o seu comentário

comentários

Deixe seu comentário