O enigma das letras verdes | Stella Carr

Publicado pela editora Moderna em 1992, O enigma das letras verdes faz parte de um projeto bem legal da autora brasileira Stella Carr Ribeiro, que contabiliza mais de 50 publicações infantojuvenis. Precisamos enaltecer essa mulher.

Stella escrevia livros adultos até que os filhos receberam como tarefa escolar a leitura de um livro do escritor José de Alencar. O objetivo era treinar a leitura e a redação, mas Stella achou a literatura muito avançada para suas crianças. Então, ela propôs a eles escrever um livro com linguagem mais acessível e acontecimentos próximos de sua realidade. Eles adoraram a ideia, e os leitores da época também.

O primeiro livro, “O caso da estranha fotografia”, foi adotado imediatamente como leitura obrigatória para alegria dos estudantes e professores. Deu tão certo que ela investiu nesse novo público e, hoje, é uma das principais referências do gênero infantojuvenil no Brasil.

Infelizmente, Stella e outros autores da época, como os da Coleção VagaLume, por exemplo, são pouco conhecidos dos leitores em geral, não tem visibilidade entre as principais editoras nacionais e não estão nas vitrines das grandes livrarias. A valorização da literatura internacional frente a nacional tem afastado leitores, e cabe a nós, que temos um espaço amplo de divulgação, resgatar essas histórias e apresentá-las aos leitores.

O enigma das letras verdes

Tudo o que um casal de cientistas quer é terminar um projeto especial e voltar para casa para ficar com seu único filho. O que eles não imaginavam é que seriam terrivelmente traídos e desapareceriam naquela mesma noite, deixando a criança órfã.

Anos se passam, a criança cresce expert em computação. Apesar de ainda ser uma novidade entre nós, os computadores já começavam a fazer parte da vida das pessoas e a história se passa bem no início da ascensão deles. Além disso, à época, havia muita especulação popular sobre a tecnologia e se ela seria usada para o bem ou para o mal.

Till é curioso, inteligente e acaba descobrindo a fórmula misteriosa em que seu pai trabalhava. DE-RE-MA é capaz de manipular as partículas atômicas, fazendo-as se movimentar sob um simples comando de voz.

O personagem começa a testar a fórmula em vários computadores, inclusive no da escola, o que causa a maior confusão e desperta a atenção dos inimigos de seu pai. Nessa aventura, Till conta com a ajuda dos colegas da turma do 8º ano do Colégio Madureira, no Rio de Janeiro.

O enigma das letras verdes tem ciência, tecnologia, aventura, mistério, investigação e muita nostalgia para os adultos. O trecho abaixo, por exemplo, é uma viagem no tempo.

“Ganhando a rua, dirigiu-se a uma banca de revistas, comprou algumas fichas telefônicas e discou para o escritório de Silva Cardoso, do orelhão mais próximo”. (Pág.64)

É uma ótima história para quem está iniciando a leitura soltar a imaginação. É simples, fácil de ler, bem amarrada e com elementos que conquistam o leitor e tornam a leitura prazerosa.

Stella Scarr faleceu em 2008, aos 76 anos, deixando seu legado na literatura brasileira.

No Resenhando você encontra resenhas de todos os gêneros literários.

Deixe o seu comentário

comentários

Deixe seu comentário