Cônica Não Tema o Medo

Não é necessário temer o medo.

Ele é apenas um sentimento. Há tantos medos neste mundo. Ah, se temêssemos tantos medos. Viveríamos apenas por eles, como reféns de um sentimento. O medo pode ser eterno, mas quase sempre não é. É apenas um sentir momentâneo. Sentir medo não nos torna pessoas mais fracas, se entregar e deixar que ele se apodere do nosso ser, isso sim nos torna fracos. É isso o que dizem. Mas quem define se somos fracos ou fortes? Quem pode julgar nossas fraquezas, nossos medos? Essa é uma decisão que cabe a mim, que cabe a você, que cabe a cada ser deste universo.

Os medos nem sempre vêm acompanhados de motivos. Nem sempre você sabe como tal medo lhe paralisou por segundos ou porque o medo de alguém não é seu medo. O medo vem de várias maneiras, em forma de pessoas, de animais, da morte ou de algo que sua cabeça criou. É o medo “do nada”. Não se ache um louco por acordar em um belo dia de sol e querer ficar na cama com medo de se levantar mesmo sem saber o porquê desse medo. Não ache que “está batendo pino” se, após um momento de felicidade extrema, surgir o medo. O medo de estar ali cercado de pessoas felizes e tudo o que você quer é não estar ali.

Não pense que a insanidade lhe abateu se, por acaso estiver com medo de morrer e este medo não ser só um medo, ser um pânico e a sensação iminente da morte chegando em você. Se neste momento sua garganta se recusar a deixar o ar entrar, tente não se desesperar. Provavelmente, é apenas o medo tentando levar sua consciência do mundo, tentando fazer com que você se ache um maluco por temer o medo.

Não tema ter medo, este sentimento que é mais presente em nossas vidas do que o próprio amor. Não raro, pessoas tem medo de amar. É o medo tentando te privar deste sentimento lindo que é o amor. Ser amado também pode trazer medo. O medo chega de tantas maneiras que, às vezes, é difícil superá-lo, sufocá-lo e se manter de pé. O que fica então é um desejo de que consigamos seguir, mesmo com o medo em nosso encalço.

Se você também tiver uma crônica, historieta ou conto envie para contato@literalmenteuai.com.br

Tem mais crônicas Aqui!

Deixe o seu comentário

comentários

Deixe seu comentário