Capa do livro Iselu Agbayê -- 11 jovens vozes negras discutindo política e relações internacionais

Iselu Agbayê: lançamento escrito por jovens negros discute política e relações internacionais

Iselu Agbayê: 11 jovens vozes negras discutindo política e relações internacionais nasceu da observação do Doutor em História Política pela UERJ, André Sena, sobre o aumento de estudantes negros nos cursos de Relações Internacionais nas universidades particulares que lecionava. A obra visa promover a diversidade étnica de autores sobre o tema, algo ainda pouco visto.

O livro possui onze capítulos, organizados por André Sena e Luciene Carris, Mestres e Doutores pelo Programa de Pós-Graduação em História Política da UERJ. O título em ioruba, língua africana presente no Candomblé da nação Ketu, significa política internacional.

Observei a pouca representatividade de autores negros e, especialmente no Brasil, não encontrei um autor negro que eles tenham lido sobre Relações Internacionais. Então vi uma oportunidade de mostrar esse olhar de meus alunos negros. André Sena

A obra reúne textos sobre as contribuições do Movimento de  Mulheres Negras Brasileiras para outra economia global; propostas de cooperação em termos de economia solidária entre o Brasil e o Haiti na perspectiva da agricultura familiar; questões de gênero e raciais no Brasil e nos Estados Unidos. Além de passar por temas como reparações históricas da escravidão e violência policial contra negros.

Os autores são: Alan da Cruz Ribeiro, Brunior Francisco Alves, Davi Akintolá F. Oliveira, Ethol Exime, Glayce Kerolin R. Maximiano, Gleyce Apolinario dos Santos, João Pedro Pereira Mina, Letícia Sant’Ana, Marcelo Araújo F. Mizurine, Renan de Sá da Silva Bayer e Tainah Santos Pereira.

O livro está disponível aqui.

Mais novidades do mundo literário, continue navegando!

 

Deixe o seu comentário

comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *