Furto da Imaginação

 

Vivemos numa época

De muita tecnologia

Na qual, as crianças

Se tornam reféns

 

Elas não sabem

Amarrar o cadarço

Mas, mexem tranquilamente

Em um celular;

 

Agora elas não correm

Elas navegam… na internet

E são bombardeadas

Por várias propagandas

 

E muitas informações

Que tiram da criança

Possibilidades de experiências

E capacidade imaginativa

 

Elas não precisam pensar

E só na internet procurar

Que lá vão achar

Seus pais estão ausentes

 

Ocupados demais

Trabalhando e negando carinhos…

Nossas crianças

São o futuro

 

E infelizmente

O futuro que vem pela frente

É o de uma sociedade

Alienada e facilmente influenciada

 

 

Gostou dessa poesia? Clique aqui para muito mais… pense…reflita…poesia é muito mais do que apenas palavras vazias…

 

Deixe o seu comentário

comentários

Deixe seu comentário