De repente uma noite de paixão | Lisa Kleypas

Diferentemente das longas séries de amor, De repente uma noite de paixão, é um livro solo e com personagens bem peculiares, dois solteirões, sem família, fugindo da linha do que já estamos acostumados quando o assunto é romance de época e Lisa Kleypas.

É uma história contada sob a perspectiva de dois solteirões convictos, que já não estão mais tão expostos assim as convenções sociais. Isso é bem interessante para os fãs poderem conhecer um outro lado da sociedade, e também pessoas que não tem uma família numerosa a que se apoiar, além de render diversas histórias paralelas que muitas vezes chegam a ofuscar o casal principal. Assim, a história foca apenas neles, sem contratempos e sem apresentar profundas discussões, já que os dois são bem resolvidos. É um outro olhar que nos é oferecido e cabe ao leitor julgar essa ideia.

Eu gostei bastante. Não tanto quanto gosto de acompanhar as séries, e suas histórias que se alongam por vários personagens, mostrando a vida do nosso casal preferido após o final do feliz. A autora se vale do seu poder de escrita para apresentar uma história enxuta, direta, sem muitas delongas, com umas tiradas ótimas, dois protagonistas afiadíssimos, e com aquela sedução que tanto amamos. Vale a leitura! 

Vamos a história!

Próxima de completar 30 anos, Amanda Briars é uma escritora de sucesso acostumada a quebrar o decoro. Após a morte dos pais, Amanda vendeu a casa da família em um condado e se mudou sozinha para Londres, onde se dedica inteiramente a sua escrita. Uma solteirona tem certos privilégios que as moças em idade de casar não têm, entre eles, o de não precisar de uma dama de companhia, poder morar sozinha ou ficar em um ambiente (respeitoso) com um homem e não ter sua honra questionada.  

Mas, Amanda quer mais, ela não se contenta de não ter ainda experimentado a ardência de uma noite de amor. Em uma jogada audaciosa, ela contrata um homem para realizar esse desejo na noite do seu aniversário.

Porém, quem aparece, [e isso não é spoiler], não é um garoto de programa, mais sim, o poderoso e dono de um império editorial Jack Devlin, que está louco para publicar a autora sensação do momento, cujo diferencial é retratar pessoas comuns em suas histórias.

“… Amanda sabia tão pouco sobre a alta sociedade que não poderia ter escrito algo desse tipo nem se sua vida dependesse disso. Sendo assim, discorria sobre pessoas do campo, trabalhadores, clérigos, policiais e proprietários de terras. Felizmente, suas histórias pareciam agradar aos leitores, e as vendas de seus livros eram excelentes.” (pág.41)

Após essa fatídica noite, Amanda que até então não conhecia o poderoso editor, mas já o odiava por suas práticas de negócio, fica completamente chocada ao descobrir que o moço foi o visitante de sua noite de aniversário. Começa então um embate à sombra daquela tensão sexual palpável, e química que o casal tem de sobra.  Vamos conhecendo aos poucos a história dos dois, como suas escolhas afetaram suas vidas e questões importantes como,  por que Amanda, apesar de muito bonita, não se casou e os segredos que esse jovem empresário esconde.

“Cavalheiros não queriam esposas com mentes bem-desenvolvidas. Queriam esposas atraentes, que nunca os questionassem nem discordassem deles. E com certeza não buscavam mulheres de imaginação vibrante, que sonhavam acordadas com personagens de livros. Assim, as duas irmãs mais velhas e mais bonitas de Amanda haviam conseguido se casar, e Amanda se dedicara a escrever romances.” (pág.17)

São duas pessoas solitárias, sem uma numerosa família atuando nos bastidores. E sim, essas pessoas existiram e deram sua contribuição para a formação social. Em especial essas mulheres assumidamente solteiras, que tinham outras expectativas e não se conformaram com o papel a qual foram historicamente destinadas, o casamento. Essas mulheres foram precursoras de profundas mudanças na sociedade.

A história apresenta também uma imersão bem legal sobre a literatura da época, tipos de publicação, ascensão de escritores como Dickens que optou em investir nos folhetins, em vez dos tradicionais romances de três volumes.

De repente uma noite de paixão é um dilema entre um mocinho que nunca se entregou ao amor e uma solteirona que não quer perder o que há de mais precioso em sua vida, a liberdade.

De repente uma noite de paixão é uma publicação da Editora Arqueiro

No Resenhando você encontra resenhas de todos os gêneros literários.

Deixe o seu comentário

comentários

Deixe seu comentário