Chegou a hora do desfralde


Tá aí mais uma fase complicada para os pais, o desfralde. Afinal, como tirar a fralda das crianças?

Conforme alguns especialistas, a idade indicada para realizar o desfralde é entre 2 e 3 anos, mas como as crianças não são todas iguais, temos sempre as que largam bem antes e as que usam até mais tarde.

Desde que me tornei mãe, os assuntos da maternidade estão sempre presentes na maioria das conversas e leituras, e percebo o quanto algumas fases são sempre marcantes e muito comentadas pelas mamães.

A época do desfralde é uma dela! É uma fase complicada e que devemos ter em mente que cada criança tem seu tempo e não é preciso ficar chateada, se sentir incompetente ou se perguntar o que está fazendo de errado, caso seu filho ainda não tenha parado de usar fralda.

O nosso dever é ensinar nossos filhos e esperar o tempo deles. Quando entendemos e respeitamos esse tempo, todas as fases ficam mais fáceis de serem superadas.

É importante também reforçar para que as pessoas de fora não julguem ou façam comentários do tipo; “até hoje seu filho usa fralda?”, porque isso irrita qualquer mãe.  Rsrsrsr

Como foi com a Maria?

A Maria é uma criança de personalidade muito forte, e por isso ela largou a fralda no dia que quis, aos 2 anos e 4 meses.

Meus sobrinhos largaram a fralda com 1 aninho, e eu tive a doce ilusão que a Maria poderia ser assim também, mas quando ela tinha 1 aninho percebi que não era o momento.

Seis meses depois tentamos iniciar o desfralde, mas percebemos que ela fazia xixi a todo minuto e que ainda não era o momento. Resolvi esperar os 2 aninhos.

Quando o dia chegou, comprei pinico, fui mostrando como fazia pra usar, mas ela dizia que não queria e sempre fazia na roupa quando estava sem fralda.

Resolvi insistir até que um dia ela entrou dentro da geladeira, fez xixi lá, e me disse que não ia no vaso.

Com essa situação eu resolvi adiar o desfralde até sentir que ela estava mais preparada. Tentava dizer a ela que iria dar adesivo cada vez que ela fosse no vaso, tentei oferecer presente, mas ela se recusava.

Até que um dia eu parei de tocar no assunto, daí ela se levantou pela manhã e me pediu pra tirar a fralda, eu perguntei porque, e ela me disse que iria no vaso.

Desde esse dia ela passou a ir no vaso todos os dias. A noite ainda usou por uns 2 meses, e de repente me pediu para não colocar mais e também porque era uma mocinha e parou.

Claro, que algumas vezes ela faz sem querer durante a noite. (Tenho que colocar colchão no sol, e sempre me lembro da minha mãe quando eu que fazia na cama dela).

Sempre que isso acontece ela fica envergonhada (mesmo sem eu nunca ter brigado, porque é normal e devemos compreender) e fala que não deu tempo de ir no vaso.

As crianças são assim, tem opinião própria e hora pra cada coisa. Respeitando, nós seremos muito mais felizes.

Cada dia uma nova fase, aproveita pra ler sobre a fase Bagunça também.

 

A coluna LiteralMente,mae! é publicada quinzenalmente aos domingos. As opiniões e fatos não refletem necessariamente a opinião de todas as mães, mas sim a vivência da colunista.

Quer trocar experiências comigo? Envie e-mail para gabriela@literalmenteuai.com.br

Deixe o seu comentário

comentários

Deixe seu comentário