Capitão Bartolomeu Moutinho Esteves| Filhos da Senzala 

Junte todas as lembranças ruins de senhores de escravos que você tiver e empregue no Capitão Bartolomeu Moutinho Esteves, um vilão inescrupuloso, ardiloso, violento, inclusive com a esposa e os filhos.

É justamente na fazenda deste vilão que nasce uma linda história e amor entre Francisco, um homem branco e rico, e a linda escrava Eugênia. Dono da escrava, o Capitão Moutinho Esteves, até autoriza o casamento, mas em troca, Francisco terá que trabalhar 12 anos, para conquistar a liberdade da amada.

Obviamente, como todo vilão, Capitão Moutinho Esteves transformará a vida dos dois num verdadeiro inferno.

Se fosse descrever todas as ruindades desse homem, enxeria está página facilmente. Mas o que você precisa saber é que o Capitão Moutinho Esteves, é um homem mau, inescrupuloso, ardiloso, violento, inclusive com a esposa e os filhos. É um homem inteligente e que obviamente usa essa esperteza para tramar e se dá bem, sobretudo nos negócios.

Quando conhecemos o passado do Capitão vemos que ele é um homem odioso e ambicioso desde sempre, e que o orgulho e a sede de poder o impediu de amar. Chegando ao ponto de odiar a esposa por ela amá-lo tanto.

“Apesar das brutalidades que sofria, ela o amava cada vez mais e mendigava dia após dia pelas migalhas de afeto. Quanto mais ela se humilhava, mais ele a repudiava. Respondia com frieza, repulsa e indiferença a todo amor, paixão e ternura que ela demonstrava. ” (pág. 139)

Há muito tempo que não lia uma história com um vilão tão aterrorizante quanto este. É engraçado que nos romances atuais, raramente se tem um vilão, os personagens têm lidado com dramas mais reais e atuais, tão terríveis quanto os vilões, como as doenças emocionais, depressão, perdas, guerras, e outros temas.

Filhos da Senzala é um romance nacional, da escritora mineira Silvânia Dias. Para além da história de amor, é um livro com um contexto histórico bem interessante, se passa em Minas e tem como pano de fundo a escravidão sem romantizar.

Filhos da Senzala é uma publicação da Editora Schooba. É uma trama ágil, cheia de reviravoltas, que te prende do início ao fim. Leia a resenha completa aqui

A imagem de destaque é do ator Luis Guilherme, que interpretou o personagem Coronel Quintiliano na novela Escrava Mãe da TV Record. O personagem simboliza o típico fazendeiro, donos de escravos, defensor do regime escravagista e autoritário. A novela conta a história da mãe de Isaura, a famosa escrava branca, protagonista do best-seller Escrava Isaura do escritor Bernardo Guimarães. 

Vilões aterrorizam e assombram qualquer história, mas sem eles será que teria a mesma graça? Confira aqui outros vilões literários.

Deixe o seu comentário

comentários

Deixe seu comentário