Amazon revela os livros mais vendidos ao redor do mundo

Do Brasil aos Emirados Árabes, confira os títulos de sucesso em diversos países, segundo levantamento da Amazon. 

As preferências dos leitores ao redor do mundo são tão únicas quanto os países e culturas que representam, mas também mostram similaridades.

• No México e nos Emirados Árabes Unidos, os livros de autoajuda reinaram. Os clientes do México se voltaram para A sutil arte de ligar o f*da-se e os clientes dos Emirados Árabes Unidos tentaram encontrar alegria e conforto nos momentos do dia a dia lendo Ikigai: O segredo dos japoneses para uma vida longa e feliz .

• A Turquia preferiu as obras clássicas de Victor Hugo ( O último dia de um condenado), enquanto obras de ficção moderna lideraram as listas na Espanha ( Rey Blanco) e Austrália ( Um lugar bem longe daqui).

• Como vizinhos próximos, Canadá e Estados Unidos foram os únicos dois países que compartilharam a mesma preferência por livros. Uma terra prometida, as memórias do ex-presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, está no topo das listas em ambos os países.

• Os leitores na Arábia Saudita preferem um livro cheio de quebra-cabeça como o Brain Games for Clever Kids; os clientes italianos adoram um romance animado chamado Le Storie del Mistero, e o Reino Unido só queria saber das lições universais encontradas em O menino, a toupeira, a raposa e o cavalo .

• No Brasil, o mais vendido no último ano pode não surpreender: responsável por despertar o espírito leitor em milhões de jovens, o primeiro livro da saga do bruxinho Harry Potter – Harry Potter e a Pedra Filosofal, de J.K Rowling, ocupa o número 1 da lista.
O segundo lugar nacional diz muito dos ensinamentos procurados para viver a quarentena com a saúde mental em dia, o livro Arrume a sua cama: Pequenas coisas que podem mudar a sua vida… E talvez o mundo de William H. McRaven. A obra sugere pequenas atitudes transformadoras para mudar a rotina. Já o terceiro lugar no país é ocupado pelo livro Como convencer alguém em 90 segundos: Crie uma primeira impressão vendedora de Nicholas Boothman, essencial para estabelecer uma comunicação de sucesso, também muito importante nos dias de hoje.
Para celebrar e promover a literatura de todo o mundo, a Amazon está oferecendo aos leitores a oportunidade de experimentar livros que apresentem parte da cultural local de diversos países, entre os gêneros de memórias, ficção histórica ou contemporânea e até um livro infantil.
A seleção, feita com uma curadoria especial da Amazon, contém dez obras escritas por autores de diferentes nacionalidades, como Madagascar, Afeganistão, Polônia, entre outros – incluindo o Brasil, representado pela autora de Amora, Natália Borges Polesso.

A curadoria completa de obras inclui:

• A Single Swallow, por Zhang Ling (China)

• Amora: Stories, por Natalia Borges Polesso (Brasil)

• At the End of the Matinee, por Keiichiro Hirano (Japão)

• Return to the Enchanted Island: A Novel, por Johary Ravaloson (Madagascar)

• Some Days, por María Wernicke (Argentina)

• The Broken Circle: A Memoir of Escaping Afghanistan, por Enjeela Ahmadi-Miller (Afeganistão)

• The King of Warsaw: A Novel, por Szczepan Twardoch (Polônia)

• The Son and Heir: A Memoir, por Alexander Münninghoff (Holanda)

• The Strange Journey of Alice Pendelbury, por Marc Lévy (França)

• You, Me, and the Colors of Life, por Noa C. Walker (Alemanha)
Mais novidades do mundo literário, clique aqui

Deixe o seu comentário

comentários

Deixe seu comentário