Livros x Adaptações – A Bela e a Fera

Na edição da editora Zahar de “A Bela e a Fera” temos duas versões da história. A primeira de Madame Beaumont, que é o clássico conto de fadas, que todos já conhecem, em que a Bela para salvar o pai acaba indo viver com uma Fera horrenda e se apaixona por ela. O conto é rápido e sucinto. Já a segunda versão é de Madame Villeneuve, que estende essa história, onde temos um conto quase do tamanho de um romance e tem novos fatos da história do príncipe amaldiçoado. Eu particularmente gosto mais da versão clássica, já que fiquei com a sensação de que Villeneuve misturou muitos contos nessa história. Essa edição da Zahar é um caso a parte, como consegue ser tão linda sendo um livro de bolso? A editora caprichou demais desde a capa dura, em padrões de rosa e roxo, como a folha de guarda de espinhos, até as ilustrações incríveis em meio a história.

A primeira versão se assemelha bastante as duas adaptações cinematográficas feitas pela Disney, em que a Fera é um príncipe que só se importa com a aparência e acaba sendo amaldiçoado por uma feiticeira e vê a chance de quebrar essa maldição quando conhece a Bela, uma jovem diferente das demais mulheres. Porém, tem pequenos detalhes que se distanciam dos filmes, como o personagem Gaston que é o homem lindo e forte que se interessa por Bela, mas que não é uma boa pessoa, ou os serviçais da casa que não existem no conto de Madame Beaumont.

Os filmes possuem muitos personagens que não existem nos dois contos presentes no livro, e outros que nem aparecem, como as irmãs e os irmãos da Bela. Nas adaptações para o cinema a jovem é filha única e só vive com o pai, que assim como na literatura também não é um mercador falido. Agora se você quiser uma adaptação mais semelhante à história criada por Madame Villeneuve eu indico que assista a adaptação francesa de 2014, em que temos uma visão melhor sobre a história do príncipe enfeitiçado e toda a família de Bela. Confira o trailer:

No fim todos as adaptações de “A Bela e Fera” têm a mesma essência, uma jovem bela que se encanta por uma Fera que precisa quebrar uma maldição. A lição é sempre a mesma, não julgue alguém pela aparência.

Livros ou suas adaptações? É sempre polêmico, né? Veja outros comparativos aqui

 

Deixe o seu comentário

comentários

Deixe seu comentário