Afinal, como é viajar com crianças?

 

Viagens são experiências maravilhosas que levamos para sempre em nossa memória, e eu sou super a favor de viajar com crianças para elas já começarem cedo a desfrutar mais uma das delícias dessa vida.

É muito diferente viajar com e sem filho, principalmente se seu filho ainda for uma criança.  

Muitas mães têm medo de viajar com a criança ainda pequena, elas pensam na rotina da criança, na alimentação e nos desafios que podem vir com a viagem.

Concordo que devemos estar seguras para embarcar em uma viagem com criança pequena, mas é tão bom sair da rotina com nossos babys e viver experiências inesquecíveis que para mim vale muito a pena encarar esses desafios.

As crianças são acostumadas com a rotina da casa e quando viajamos tudo muda, o horário de acordar,  dormir, a alimentação, entre outros. Em alguns casos, a criança pode ficar mais agitada ou mais chorona por estranhar esses hábitos, mas na maioria das vezes (pelos relatos que escuto e pela minha experiência com a Maria) as crianças surpreendem os pais e se dão muito bem com a nova rotina.

A minha primeira viagem mais longa com a Maria foi aos 6 meses e meio. Ela era bem bebezinha e eu tive algumas incertezas sobre como seria o período da viagem, já que iríamos ficar mais 8 horas em um carro. Como ela se alimentaria, se iria dormir, se ia gostar das piscinas ao chegar no local, entre tantas outras.

A experiência foi maravilhosa. Ela se comportou super bem no caminho, passou a maior parte do tempo dormindo e quando acordava brincava um pouquinho.

No destino, que foi Caldas Novas, ela amou as piscinas. Comeu papinha, frutinha, tudo ao redor da piscina e eu pude me distrair e fugir um pouco da rotina.

Claro que a forma de aproveitar a viagem muda muito depois que temos filhos. Antes deles, o pensamento é só  farrear e fazer o que você gosta. Podemos passar o dia todo em uma piscina com bar molhado, por exemplo, comendo bobeira sem pensar nas refeições mais certinhas. Já depois que temos filhos, a nossa alegria será baseada na alegria deles, vê-los se divertindo, brincar,  se preocupar com o que eles vão comer, se vão dormir durante o dia, entre tantas outras preocupações que as mamães tem.

Mas, para mim não existe nada melhor do que me divertir com minha filha, ver os olhinhos dela brilhando em cada nova viagem. As viagens nunca mais serão iguais, mas podem ser muito aproveitadas por toda a família. Voltei com ela recentemente no mesmo local, agora com 2 anos e meio e nós aproveitamos muito.

Nas viagens é indicado deixar algumas neuras de lado e aproveitar tudo, não dá para seguir a rotina de casa em uma viagem, e a criança vai comer comida de hotel, ou fazer um lanche no lugar do almoço, comer em horário diferentes, e até dormir em locais improvisados durante o dia, mas tudo isso faz parte do pacote de dias inesquecíveis.

Minha dica é que vocês viagem, seja para longe ou em algum lugar bem pertinho, mas saiam da rotina, brinquem com seus filhos, una sua família e vá colecionando momentos inesquecíveis, pois são esses momentos que nos movem ao encontro do felizes para sempre!

Se você já viajou com criança, conta pra gente como foi a experiência.

Deixe o seu comentário

comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *