Entidades recebem livros de campanha do SETRA BH

A campanha “Livro acolhe, abriga, e ensina” promovida pelo Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros de Belo Horizonte –  SetraBH, começou em 2016 e já está na segunda edição. O projeto que visa arrecadar livros novos e usados, doados pelos passageiros do transporte público, já arrecadou mais de 300 mil exemplares, que são doados a entidades filantrópicas, creches, presídios, entre outras instituições de BH e região metropolitana.

A campanha que já é um sucesso na capital mineira, arrecadou na segunda edição, um total 250.367 livros, entre obras literárias, didáticas e religiosas, doadas nas estações do Move, dentro dos 3mil ônibus que circulam em BH, estação BHBUS, além das garagens das empresas de ônibus e na própria sede da SetraBH. As doações também podem ser feitas por empresas. O que chama atenção é a grande participação popular e a variedade de gêneros doados, que vai desde a literatura infantil a dicionários. 

Gráfico de dados doações. Fonte: SETRABH

Desde o final da campanha em março deste ano,  o sindicato vem realizando a entrega das doações e, ao todo 329 entidades foram cadastradas para receber os livros, beneficiando mais de 150 mil pessoas. As entregas contam com a presença de um contador de histórias, responsável por levar alegria e inserir os beneficiados no mundo literário.

Muito mais que um incentivo à leitura, os livros são um alento para quem está em recuperação no leito de um hospital.É o que conta Luís Fernando Andrade de Carvalho, pediatra e diretor do Hospital Infantil João Paulo II. ” Há 20 anos, recebíamos crianças com quadros mais agudos, que ficavam pouco tempo em internação. Hoje, a maior parte das nossas crianças são portadoras de algum tipo de doença crônica, que os fazem permanecer tempos prolongados dentro do hospital e, às vezes, terem várias reinternações no mesmo ano. Diante desse cenário temos nos estruturado do ponto de vista pedagógico, com a classe hospitalar, com a brinquedoteca e trazendo equipes vinculadas à Secretaria de Educação para que as crianças consigam fazer as tarefas escolares mesmo estando internadas. Receber essa doação dos livros é de extrema importância pra nós e para as crianças que estão no hospital, tenho certeza que faremos um bom proveito deles”, comenta.

O Hospital Infantil João Paulo ll, é especializado no atendimento infantil desde 1982. Na parceria com o SetraBH, o hospital já recebeu 1.500 livros. 

Hospital João Paulo II – Equipes SetraBH e Hospital

Pelo segundo ano consecutivo, a Cidade dos Meninos São Vicente de Paulo, também recebeu a visita de um contador de histórias e a doação de livros do SetraBH. Foram 4.000 obras doadas à instituição que atua na capital há mais de 20 anos.

A Cidade dos Meninos São Vicente de Paulo, trabalha com adolescentes oferecendo formação profissional e humana. O incentivo à leitura promovido pela campanha “Livro acolhe, abriga, e ensina”, entra em consonância as metas da Cidade dos Meninos. “A campanha vem ao encontro de uma filosofia nossa de trabalho que é: eu ajudo e faço com que, de alguma forma, a minha participação possa melhorar a sociedade. Esse trabalho construído pelo SetraBH é maravilhoso, então eu só posso agradecer e parabenizar e, como recebedor desses livros, garantir que será dado a eles o melhor uso possível, esse é o nosso objetivo”, comenta Mário Cenni, presidente do Sistema Divina Providência.

Outra entidade beneficiada pela campanha, foi a Fundação Sara Albuquerque Costa. Criada há 20 anos, a entidade oferece apoio e cuidados a crianças e adolescentes com câncer, disponibilizando hospedagem, refeições, transporte para hospitais e laboratórios, além de atendimento por profissionais de serviço social, psicologia, pedagogia e nutrição.

A fundação recebeu 500 livros que  vão direto para as bibliotecas da entidade em Belo Horizonte e Montes Claros. Os livros serão utilizados no lazer e nas aulas oferecidas às crianças e aos adolescentes hospedados nas casas da entidade.

Contação de histórias 

Esse apoio é fundamental para preservar a saúde física e mental dos pacientes em tratamento, como explica Paola Reis, pedagoga da Casa de Apoio de Belo Horizonte. “Nós entramos em contato com a escola de origem de nossos pacientes e aplicamos a grade escolar vigente para que os alunos não percam o ritmo de estudo e, quando eles retornarem, não se sintam excluídos didaticamente, por não terem acompanhado as matérias. A intenção é assegurar a continuidade dos processos de desenvolvimento psíquico e cognitivo das crianças e adolescentes, com propostas voltadas paras suas necessidades pedagógicas e educacionais, para a preservação do direito à educação e a manutenção dos vínculos escolares”.

A campanha “Livro acolhe, abriga, e ensina” também beneficia as escolas rurais. Confira todas as entidades contempladas pelo projeto ‘O Livro acolhe, abriga e ensina’ aqui

A campanha do SetraBH mostra que doar livros usados, é mais que um ato de generosidade, é sobretudo, amor ao próximo e a literatura. 

Conheça outras iniciativas de incentivo à leitura.

Clube do Livro BH 

Sustentabilidade e incentivo à leitura no Vale do Jequitinhonha

CLIS: Transformando vidas 

Deixe o seu comentário

comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *