Uma curva no tempo – Dani Atkins

Tenho certeza que todos vocês, assim como eu, já se perguntaram o que fariam se tivessem a oportunidade de voltar no tempo, a oportunidade de mudar alguma coisa em seu passado, de mudar o rumo da sua trajetória de alguma maneira e, por consequência, transformar o seu presente e futuro. Mas sempre que penso isso, eu me pergunto se será que de fato teríamos coragem, se será que o que somos hoje não é fruto de tudo que a gente já viveu. Será que a gente não correria o risco de perder coisas que realmente amamos se escolhêssemos outro caminho?

Hoje eu vou conversar com vocês um pouco sobre  o lindo e emocionante “Uma curva no Tempo”, da Dani Atkins. Um livro que vai mexer com seu coração e provocar uma reflexão muito interessante sobre a nossa vida, sobre o destino e sobre tudo aquilo que nós temos controle e o que não temos.

Nesta história vamos conhecer a Rachel, uma mulher de 25 anos que leva uma vida bem sem graça e infeliz, morando sozinha em um apartamentinho em Londres e trabalhando em um emprego que não gosta. Cinco anos antes, Rachel estava em um restaurante com seus melhores amigos para comemorar o final do período da escolar, a ida de cada um deles para a faculdade e para se despedirem, afinal, cada um deles iria para um lugar diferente agora.  A grande tragédia se dá quando um carro desgovernado invade o restaurante causando a morte de Jimmy, seu melhor amigo da vida, que se sacrificou para salvar a vida dela (não é spoiler). É claro que esse acidente transformaria a vida de Rachel para sempre. Agora, cinco anos depois, ela ainda sente uma culpa gigante pela morte de Jimmy, carrega uma enorme cicatriz no rosto, e sente que sua vida nunca vai andar pra frente, ou seja, ela nunca mais será livre para ser totalmente feliz.

Rachel recebe então o convite para o casamento da amiga Sarah, única amiga com quem ela manteve contanto nesses cinco anos e decide encarar seus fantasmas e voltar a sua cidade. E ao chegar lá, ela decide ir ao cemitério ver o túmulo de Jimmy, onde um fato acontece e vai transformar completamente a realidade de Rachel. Não posso contar o que, mas posso adiantar que ela vai literalmente acordar em uma vida completamente diferente. E agora, será que ela voltou no tempo, será que é tudo um sonho? Você vai precisar ler para descobrir.

Esse foi o primeiro livro da Dani que eu li, mas ela já me conquistou com o jeito que escreve, é uma leitura leve, fluida e gostosa de ler. E ao mesmo tempo é instigante, provocativa e te puxa para dentro da história. Outro ponto positivo é a própria história em si, que é naturalmente instigante, passamos o livro inteiro bolando em nossa mente o que pode ter acontecido para desenrolar essa ‘Curva no tempo’, na vida dela. Eu confesso que eu não imaginei. Quando terminei de ler eu percebi como estava claro, mas eu só descobri no finalzinho mesmo.

Mais um fator que faz o livro ser uma delícia é o casal que Rachel forma com um determinado personagem. Esse romance consegue ser doce e sensível sem ficar piegas, ou chato e com isso a gente torce muito por eles.

Uma curva no tempo vale muito a pena para todos que amam uma historia intrigante e que te prende e para todos que amam um romance sensível e com muitas lições. É uma grande mensagem sobre os rumos que nossa vida toma e sobre como a gente precisa aprender a se desprender dos fantasmas do nosso passado para que a nossa vida possa fluir e, assim, sermos inteiramente felizes. Você vai se emocionar muito com esse livro, já prepara o lencinho, pois eu terminei com os olhos cheios de lágrimas, mas o coração bem quentinho. 

No Resenhando você encontra resenhas de todos os gêneros literários.

Deixe o seu comentário

comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *