Queria Tanto – Livia Brazil 

Queria Tanto é o livro de estreia da nossa autora do mês de dezembro, a carioca Livia Brazil. Foi publicado em 2011, pela Editora Benvirá.

Apresentamos as curiosidades desta jovem autora, que leva para as páginas histórias leves, divertidas, mas no pano de fundo vem com conflitos tensos, importantes, e super atuais.   

Coisas não ditas conta a história de Alice Maria, uma jovem carioca de 20 poucos anos, cenógrafa, que foge de relacionamentos igual o capeta foge da cruz. Isso porque o relacionamento dos sonhos é idealizado com o seu peguete/ficante Gabriel. Só tem um probleminha, Gabriel é assumidamente gay, mesmo assim mantém um relacionamento puramente sexual com ela.

“Acho que esse lance todo com o Gabriel tá me afetando. Porque, vamos ser sinceros, eu AMO o Gabriel. Amo mesmo. E ele ama homens. Por que, meu Deus, por quê?”. (pág.19)

A propósito, este livro tem uma pegada mais picante que o “Coisas não ditas”, segundo livro da Livia. Embora as partes realmente quentes sejam citadas, mas não descritas com detalhes

O relacionamento com Gabriel é obviamente tóxico, e faz mal a Alice, que sofre sempre que presencia o moço com outros homens. Aliás, Gabriel tem pavor de ser considerado bissexual, mas é evidente que ele é.

Alice quer fugir desta obsessão que tem por ele, e mesmo conhecendo outras pessoas, ela acaba voltando para esse péssimo “refúgio”. Torcemos para que ela consiga, embora às vezes dê vontade de dar na cara dela rs. Principalmente quando ela encontra o fofo e crush Rodrigo, um jornalista hétero, solteiro e doido para ter um relacionamento sério.

Todos os dramas da Alice são vividos também pelos seus amigos, melhores amigos da vida toda. E a gente acaba conhecendo a história deles pelos olhos da Alice, e como a vida deles se entrelaçam. Amizade é uma marca das histórias da Livia Brazil, trazendo muito personagens que entram e saem da história, e isso confunde um pouco leitura, principalmente quando os amigos em questão têm nome e apelido.  

Gosto muito da forma como a Livia desnuda a personagem, expondo seus dilemas sem medo de qualquer julgamento. São pessoas comuns, brasileiros que saem para trabalhar, tem problemas financeiros e precisam economizar, pegam ônibus, cozinham, lavam roupa, cuidam do pet e por aí vai. Pessoas reais, com problemas reais, que precisam enfrentá-los.

Assim, acompanhamos o amadurecimento da Alice página a página, e vemos o quanto era imatura no início e como evoluiu. Só uma escrita criativa e bem feita é capaz de nos mostrar isso em pouquíssimas páginas. O livro é bem pequeno em quantidade de páginas e tamanho, quase uma versão pocket.

O livro foi escrito em formato de diário, e a questão da cronologia ficou confusa quando ela dá sequência a fatos sucessórios, com diferença de até uma semana. A linguagem é simples, e apesar dos vários personagens que entram e saem da trama, a leitura flui bem. Dá pra ler em um dia, tranquilamente.

Livia Brazil faz parte da nova geração de autores nacionais, que vem diversificando a literatura e trazendo temas atuais e pertinentes a essa geração. Vale a pena conhecê-la.

:: Referências musicais::

Jorge Drexler

Metálica

Incubus

O amor e o poder

Bitch | Meredith Brooks

Perfecta | Miranda

Skank

Marisa Monte

Caetano Veloso

Cartomante | Elis Regina

Djavan

Capital Inicial

Paulinho Moska

Los Hermanos

Vanessa da Mata

No Resenhando você encontra resenhas de todos os gêneros literários.

 

Deixe o seu comentário

comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *