Boneca de ossos – Holly Black

Boneca de ossos é um terrorzinho infantil, divertido, com muita aventura e mistério. Gosto de como a literatura vem se diversificando e investindo em histórias bem construídas para esse público.

Boneca de ossos traz as aventuras dos amigos: Poppy, Zach e Alice. Eles se conhecem desde sempre, brincam juntos, estudam na mesma escola, e agora aos 12 anos, época de mudanças e transformações, essa amizade está ameaçada. Isso porque Zach sofre a pressão do pai, e tem medo que os amigos de basquete descubram que ele ainda brinca de bonecos com meninas.

As meninas o adoram e as brincadeiras só fazem sentido quando eles estão juntos. Principalmente para Alice que tem uma leve paixonite por Zach. Quando inesperadamente, Zach se recusa a continuar brincando com as meninas, Poppy é a primeira a reagir, pois ela é uma garota sozinha, carente de afeto e atenção.

As brincadeiras deles giram em torno de uma velha boneca que a mãe de Poppy guarda na cristaleira. Ela é feita de porcelana e é praticamente intocável, já que a mãe de Poppy acha que ela é valiosa e pretende ganhar um bom dinheiro com ela. Os amigos tratam a boneca de a “Rainha”, com toda pompa e respeito que ela merece.

Curiosamente quando a amizade do trio é ameaçada, Poppy começa a ter sonhos esquisitos com o espírito de uma criança que habita a boneca e que precisa ser libertado para poder, enfim, descansar em paz.

Com isso, os três partem de madrugada para uma aventura sombria, misteriosa, sobrenatural, repleta de aventura, ação e perigos muito reais que vão colocar a vida deles em risco.

Li Boneca de ossos em um dia. Adorei tudo. Desde as ilustrações até a linguagem atual e leve. E, a construção da história que traz outros temas além da problemática fantasma, como bullying, família, amizade, amadurecimento, companheirismo, perdas, autoconhecimento.

Boneca de ossos é uma excelente opção de presente. É uma leitura agradável, inteligente e com várias mensagens para as crianças.

No Resenhando você encontra resenhas de todos os gêneros literários.

Deixe o seu comentário

comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *