Livros x Adaptações: O Jardim Secreto

O filme – O Jardim Secreto, lançado em 1993, era presença confirmada na Sessão da Tarde. Vinte e dois anos depois, resolvi ler o livro em que esse filme, que eu adorava (e continuo adorando), foi baseado.

O Jardim Secreto começa contando a história de Mary Lennox, uma garotinha que mora na Índia e acaba de ficar órfã, por isso ela é obrigada a morar com um tio que ela nunca viu, em Yorkshire. A menina é vista como uma criança feia e mimada, que é deixada de lado por todos. Nos primeiros capítulos temos que conviver com essa Mary irritante, que aos poucos vai descobrindo a magia de ser uma criança.

A casa onde Mary vai morar é de um tio corcunda, que não fica no local por muito tempo, e é cercado por jardins e um pântano. Quando a garotinha resolve se aventurar pelas redondezas da casa, ela acaba descobrindo um jardim secreto, e decide cuidar como se fosse seu pequeno segredo. Para cuidar do pedaço de terra, ela tem a ajuda de Dickon, um garoto simples que ama os animais e as plantas.

Internet

Dickon é o oposto de Mary, está sempre sorrindo, tem uma aparência agradável e é querido por todos. Além dos mistérios envolvendo o jardim, a casa é cheia de segredos, como a morte da mulher do tio e o garotinho doente que chora todas as noites. Mary descobre que o garoto é seu primo e que em muito se assemelha a menina que veio da Índia, com sua carranca e mimos.

O livro foi escrito por Frances Hodgson Burnett, em 1911, e foi feito para crianças. A obra mostra a importância dos pensamentos positivos, de acreditar em si mesmo, de ser agradável e de viver. Mary, Colin e Archibald Craven são pessoas infelizes que se fecham em suas tristezas, deixando que isso seja visto em sua aparência. Os três vêem sua vida mudar a partir da vinda de Mary para a Inglaterra. A garotinha traz mudanças para a casa dos Craven e descobre os prazeres de se viver.

Confira o trailler: 

O livro tem uma linguagem simples e de fácil entendimento. A história é contada por um narrador onisciente, em terceira pessoa, mas que conhece os sentimentos e desejos de cada personagem. É uma história delicada e tem uma aura de magia, que vai encantar crianças e adultos com seus mistérios e milagres. O livro é ambientado no século passado, mas encanta e comove até hoje.

A magia do livro –  O Jardim Secreto foi adaptada para o cinema em 1993, um filme lindo, muito fiel a narração de Frances Hodgson. Daqueles filmes para se assistir várias vezes e se sentir tocado pelo enredo. Vale a pena ver e ler a história da garotinha amarga, que descobre a felicidade nas coisas simples da vida.

Livros ou suas adaptações? É sempre polêmico, né? Veja outros comparativos aqui

Deixe o seu comentário

comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *