Mamma Mia! Here we go again: Preparem os corações (e os lencinhos)

Um dos filmes mais esperados deste ano, “Mamma Mia! Here we go again” já estreou no Estados Unidos e chega ao Brasil nos próximos dias.

Por: Nathália Fiuza 

A continuação do musical Mamma Mia!, um sucesso que em 2008 faturou milhões, conta em seu elenco com as grandes estrelas do primeiro filme, entre elas Meryl Streep, Amanda Seyfried, Pierce Brosnan, Julie Walters e Christine Baranski e traz ainda mais estrelas que, sem dúvidas, somaram e muito nesta continuação, principalmente a atriz e cantora Cher (rainha né mores?!). Vocês estão prontos? Here we go again!

Já vamos começar se encantando com o trailler: 

Em “Mamma Mia! Here we go again”, a história se passa em dois momentos diferentes, mas paralelos. Acompanhamos Sophie (Amanda Seyfried) preparando uma festa em homenagem à mãe, Donna (Meryl Streep). Conforme vão passando os dias, Sophie vai resgatando nas memórias, momentos passados de sua mãe, com ajuda dos seus três pais, Bill (Stellan Skarsgard), Sam (Pierce Brosnan) e Harry (Colin Firth) e as melhores amigas de Donna, Rosie (Julie Walters) e Tania (Christine Baranski).

Com uma linha do tempo bastante flexível, acompanhamos ao mesmo tempo a trajetória de Donna em sua juventude, interpretada pela talentosa britânica Lily James. Descobrimos então, como Donna chegou à Grécia, como conheceu os possíveis pais de Sophie e como lidou com a gravidez inesperada.

Divulgação

Desta forma, a sequência ilustra aquilo que foi apenas dito no primeiro longa, matando a curiosidade e dando ao público a possibilidade de conhecer melhor os emblemáticos personagens da história, em suas versões mais jovens. Destaque para a atuação de Lily James, que contagia com sua beleza, leveza e torna a história de Donna ainda mais incrível e divertida de acompanhar, com toda a coragem e atrevimento que a personagem merece. 

Sobre a trilha, a continuação traz clássicos do ABBA que já integravam o primeiro filme, além de outros sucessos, como a consagrada música “Fernando”, um prato cheio para os fãs do grupo sueco. Mamma Mia!, inclusive, é um musical diferente, já que não possui trilha original, apenas as canções do ABBA. Apesar de antigas, conseguem expressar perfeitamente a confusão de sentimentos e dificuldades dos personagens. A história e a letra das músicas combinam magistralmente. Parece até que as canções foram criadas para o roteiro. Além disso, as roupas vibrantes e cheias de purpurinas usadas pelos atores são muito condizentes com o universo do grupo sueco e com o espírito dos anos 70.

Divulgação

Quanto à fotografia, assim como em 2008, o novo filme valoriza a beleza da Grécia e torna o ambiente um aliado da trama. São cenários magníficos, de águas turquesa e paisagens de tirar o de ar, que trazem paz e energia ao mesmo tempo.

Mamma Mia! é um musical encantador, cheio de carisma e emoção. É verdade que o novo filme apresenta uma sequência um pouco entediante no início, com Sophie desfilando reclamações fracas e bobas sobre o casamento e que a ausência de Meryl Streep, na maior parte do roteiro, é bastante sentida, mas tudo isso fica esquecido quando a magia e a alegria reservadas para o final aparecem, tomando conta de nossos corações e nos fazendo transbordar de nostalgia. É difícil segurar as lágrimas ao rever todos juntos.

Divulgação

Um dos grandes momentos do filme é, sem dúvidas, a chegada de Cher à festa, interpretando a fabulosa Ruby Sheradan, mãe de Donna. Ela enche as telas de brilho e o seu talento é notável ao interpretar as canções. Nem o cenário azul paradisíaco da ilha foi capaz de ofuscá-la. E a cantora parece ter gostado muito de interpretar o grupo sueco, já que há alguns dias atrás anunciou que irá lançar um álbum com as músicas do ABBA.

Divulgação

O novo filme é alto astral, como prometido, apesar de ser mais lento e mais nostálgico. Entretanto, a junção de todas essas características fazem rir, chorar, sonhar e navegar pelas memórias trazidas pelo primeiro filme. É um musical para ver e, ao mesmo tempo, acompanhar com os lábios os sucessos do ABBA.

“Mamma Mia! Here we go again” mostra ainda, através da história de Donna, que é preciso deixar um legado, construir memórias, acreditar nos nossos sonhos e ter coragem para realizá-los. Ah! quanto ao momento em que Meryl Streep finalmente aparece, não vou dar spoilers, mas adianto que é emocionante e dá aquele gostinho de quero mais.

Os fãs da história e do ABBA não vão se decepcionar. E para quem ainda não conhece assistam! É um filme que vale a pena!

Infelizmente Mamma Mia não é adaptado de livro, mas temos uma coluna exclusiva para falar das adaptações literárias, confira aqui

Deixe o seu comentário

comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *