E Agora Leitor? Livros Adaptados Não Lançados no Brasil

Não é de hoje que cinema e literatura andam de mãos dadas. Segundo a revista Mundo Estranho, essa parceria é antiga, e se iniciou lá em 1896, com a primeira adaptação literária de que se tem notícia, o livro “Trilby e o Pequeno Billee”, do escritor francês Gerald du Maurier.    

As versões cinematográficas são polêmicas, principalmente quando não retratam com fidelidade a história dos livros adaptados. Mas, como já falamos aqui na coluna “Livros x adaptações”, há casos em que o filme é melhor, ou ainda quando as duas obras se complementam, e a produção audiovisual personifica os personagens literários.

A regra de todo leitor é manter a fidelidade literária e ler o livro primeiro. No entanto, há casos em que a adaptação dá origem ao livro, como o vencedor do Oscar de melhor filme deste ano, “A forma da água”. E quando a adaptação é lançada, mas o livro que originou a obra não tem tradução para o português.

É o caso do mais novo sucesso da Netflix “A barraca do beijo”. O livro da jovem escritora inglesa Beth Reekles, foi lançado primeiramente nas plataformas digitais. O sucesso foi tão grande que em 2012, ganhou sua primeira publicação. A história chamou a atenção de editoras internacionais e ganhou sua primeira adaptação este ano. Mas no Brasil, o livro só será lançado em 1º de julho, pela editora Astral Cultural, mais de um mês depois de ter sido adaptado.

     

Listamos outros filmes que são livros adaptados e que infelizmente não foram lançados no Brasil.

O pai da noiva: Estrelado pelo ícone do humor, Steve Martin, em 1991, o filme “O pai da noiva”, fez muito sucesso nos cinemas e na TV, e chegou a ganhar uma continuação 4 anos depois. A história é baseada no livro “Father of the bride” do escritor americano Edward Streeter.  O livro foi publicado pela primeira vez em 1949 e já teve duas adaptações para cinema. E, apesar do sucesso nos Estados Unidos, o livro não teve tradução para o português.  

 

Muito bem acompanhada: Famosinho no Brasil e indicação certa na Netflix para quem gosta de romance água com açúcar, o filme “Muito bem acompanhada” é uma adaptação literária que você certamente não sabia (nem eu, só soube graças ao meu amigo Luke). A história da jovem que para impressionar a família, leva um garoto de programa como acompanhante ao casamento da irmã e acaba se apaixonando por ele, foi escrita pela nigeriana Elizabeth Young.  “Asking for Trouble” foi publicado pela primeira vez em 2000 e adaptado para o cinema em 2004.

 

Como perder um homem em 10 dias: É uma das minhas comédias românticas preferidas da vida. Inclusive, tenho até a fita de vídeo original do filme e, certamente, teria o livro se tivesse sido lançado por aqui. “How to Lose a Guy in 10 Days” é das escritoras Michele Alexander e Jeannie Long e foi publicado pela primeira vez em 1998. A adaptação da história foi lançada em 2003, trazendo Kate Hudson e Matthew McConaughey como os protagonistas do romance. Um casalzão da p@rra. 

Legalmente loira:  É um dos filmes mais simpáticos dos anos 2000 e foi baseado em manuscritos que depois viraram livro, da até então estudante americana Amanda Brown. Aproveitando-se do provável sucesso da adaptação, o livro “Legally Blonde” foi publicado no mesmo ano do lançamento do filme. A história também serviu de inspiração para um musical. A adaptação literária foi lançada em 2001, tendo nada mais nada menos que a atriz Reese Witherspoon no papel principal. O filme fez tanto sucesso que ganhou uma continuação em 2003 e há rumores que a atriz estaria interessada em filmar uma 3º parte da história.

 

A lei da noite: Dirigido e protagonizado por Ben Affleck, “A lei da noite” é um drama policial, lançado em 2017, mas que não caiu muito no gosto popular, apesar do elenco de peso trazer nomes como, Zoë Saldanã, Elle Fanning, Sienna Miller e o próprio Ben Affleck. A história é uma adaptação do livro “Live by night” do escritor americano Dennis Lehane, que já teve diversas obras publicadas no Brasil. 

 

A incrível jornada: Conta a aventura de uma gata e dois cachorrinhos em busca dos seus donos. A aventura fofa é baseada no livro “The Incredible Journey” da escritora escocesa Sheila Burnford. O livro foi publicado em 1960 e já ganhou duas adaptações para o cinema em 1963 e 1993, mas infelizmente ainda não foi publicado por aqui.

Em Chamas:  O filme lançado no Brasil em 2007 é um drama com suspense, com direito a muito fogo, investigação e claro! Um psicopata. Enredo perfeito para um livro, e é. A história é baseada  no best-seller “Blue Smoke” da escritora americana Nora Roberts. Sabemos que Nora tem mais de 200 livros publicados, e neste caso é até compreensível que este não tenha sido publicado no Brasil. 

 

Fizemos uma longa pesquisa em sites especializados em livros, editoras e livrarias, além de consultarmos no Skoob, em busca de possíveis traduções dessas obras, mas não identificamos. 

E agora leitor? Ficaram com vontade de ler o livros? Identificamos que todos eles estão disponíveis a venda em sites internacionais, como a Amazon e também na brasileiríssima Saraiva

Deixe o seu comentário

comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *