Afinal, incentivar a leitura nas crianças é obrigação dos pais?

Se tem uma atitude, que na minha visão, os pais devem ter, é incentivar a leitura nos filhos

A leitura é fundamental na vida de uma pessoa e quando é estipulada desde a infância ela se torna mais prazerosa e mais fácil.

Quantos adultos vocês conhecem e falam “eu não gosto de ler”, ou “a pior parte da escola era aquela que o professor mandava ler um livro”?

São muitas as pessoas que têm algum tipo de bloqueio com leitura. Eu era uma dessas pessoas que chegava na hora da prova e tinha lido apenas o resumo, ou que começava a ler um livro com uma linguagem mais específica e tinha dificuldade em ir até o final, mesmo tendo fascínio pelos livros.

Me lembro perfeitamente de como sempre ficava encantada ao entrar em uma biblioteca, mas eu não tinha o hábito de ler e não me lembro de já ter ganhado algum livro durante minha infância.|

Resolvi colocar este hábito por prazer em minha rotina e posso afirmar que muita coisa mudou para melhor. Hoje percebo o quanto um livro pode mudar o Mundo e por isso eu me proponho a incentivar, e muito, a leitura da Maria.

Compro livros para ela de todos os formatos, cores e histórias, sento no chão e conto historinha, brinco com os livros junto com ela e assim eu espero que ela aprenda a gostar de algo que só trará benefícios para sua vida.

Desde que a Maria nasceu, sempre que preciso presentear uma criança, minha primeira opção é dar livros. Algumas crianças gostam mais, mas espero colaborar com esse inventivo.

No início desse mês fui no aniversário da prima do meu marido, ela estava completando 11 anos. Perguntei a mãe dela se tinha algum livro que ela gostava (Porque criança nessa idade já têm gostos específicos). Ela me passou nomes de alguns livros e lá fui eu buscar para levar como presente.

Quando entregamos o presente, a reação dela me surpreendeu e encheu meu coração de alegria. Ela começou a pular e me agradecer pelo presente, disse que estava louca pra ler aquela história e que estava muito feliz em tê-la. Ela me agradeceu várias vezes durante a festa.

Outro dia fui conversar com ela sobre os livros que ela havia ganhado, e ela me disse que só este ano já tinha lido 36 livros, a meta era 50, mas apesar de não ter conseguido, que iria ler mais alguns até o fim do anos. (Pensa em uma criança de 11 anos que já leu 36 livros. Um orgulho!)

A mãe dela me disse que incentiva a leitura desde quando ela era pequenininha e isso certamente ajudou muito nesse seu amor pelos livros. E claro, que ela tem desfrutado de muitos benefícios proporcionados pela história de um livro.

O que quero com essa coluna hoje é reforçar para todos os pais, a importância dos livros na vida de uma pessoa. Ler um livro traz diversos benefícios como: despertar a imaginação,  criatividade, senso crítico, interpretação de texto e muitas outras coisas.

A leitura te mostra um mundo novo, te faz sonhar! Então vamos incentivar esse hábito nos nossos filhos e assim podemos com essa “arma”, buscar um mundo melhor.

Se você também gosta de livros, conta pra gente como é a relação dos seus filhos com eles.

 

 A coluna LiteralMente,mae! é publicada quinzenalmente aos domingos. As opiniões e fatos não refletem necessariamente a opinião de todas as mães, mas sim a vivência da colunista.

Quer trocar experiências comigo? Envie e-mail para gabriela@literalmenteuai.com.br

Deixe o seu comentário

comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *