moça entendiada

Entediado

O tempo passa

Bem devagar

Como uma lesma

Tentando se movimentar

 

Se arrastando

De pouco

Em pouco

vou me entendiando

 

Eu me deito

Fico em pé

Pego o celular

Ligo a TV….

 

O tempo vai

Segundo o ritmo

Do relógio

Ou melhor

 

O tempo

Tem o

Próprio tempo

E o relógio

 

Segue o ritmo

Como uma música

Que não termina

Ou será que sim?

 

Existe mesmo

Um tempo?

Um presente

Que vai em frente

 

Ou é tudo invenção?

Como pode o tédio

Fazer o próprio ser

Chegar a tamanha reflexão?

 

 

Gostou do que leu? se inspire! leia mais:

 

O Por que Da Interrogação?

Tudo Ao Contrário

 

Se você além de gostar de poesia, também escreve, divulgue aqui.

Envie seu texto para contato@literalmenteuai.com.br

Deixe o seu comentário

comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *