Livro x Adaptações: Drácula

O livro “Drácula” do autor irlandês Bram Stoker conta a história do conde vampiro que resolve abandonar a Transilvânia e viver em Londres. Com a sua chegada vários acontecimentos estranhos ocorrem. A aura de medo e terror cerca as pessoas. Um grupo então decide se livrar desse ser obscuro que se alimenta de sangue. Basicamente é essa história, sem dar muitos spoilers. O livro é narrado através de cartas, diários e notícias de jornais, então temos vários pontos de vista da história. Porém, nunca temos vampiro o narrando esses acontecimentos. Ele é apenas um personagem presente em todos os relatos do livro. Dando um tom de mistério sobre a figura do conde.

Umas das adaptações da história do conde foi produzida em 1992, tendo o ator Gary Oldman no papel do vampiro e outras estrelas de Hollywood como Anthony Hopkins vive o professor Abraham Van Helsing, Monica Bellucci é a noiva do Drácula,Winona Ryder no papel de Elisabetha e Keanu Reeves como Jonathan Harker. A direção fica por conta do renomado diretor  Francis Ford Coppola. O filme venceu 3 Oscars , nas categorias de melhor figurino, melhores efeitos sonoros e melhor maquiagem.

O filme tem um ritmo melhor que o livro, uma vez que não temos apenas as cartas como narração e por ser inserido em meio a história um romance, coisa que não acontece no livro. O Drácula do filme também é muito mais presente que no livro, o que torna ele mais ativo em todo enredo, nos fazendo torcer muito mais para a criatura noturna do que pelos seus caçadores.

O filme é um show de interpretações e é impossível não ficar encantada por todo aquele mistério envolvendo o Conde Drácula. Mas mesmo assim, é mais um caso de livro e filme espetaculares que não tem como escolher o melhor.

Livros ou suas adaptações? É sempre polêmico, né? Veja outros comparativos aqui

Deixe o seu comentário

comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *