o sol e a lua

Diferença de Perspectiva

 

Eu vivi a vida

Sem fazer recesso

Durante todo o processo

Mantive o sorriso

 

Muitas vezes

Me levantei

Logo que cai

Não é esse o problema

 

As pedras no caminho

Que me impediam

De fugir das amarras

De viver em liberdade

 

De desejar ser

De me aceitar

Como pessoa

De me amar

 

Esse sentimento

Deixou marcado

Em meu coração

Uma lembrança distante

 

Tentei ser…

Aquilo que nunca fui

Fiquei fingindo ser

O que não sou…

 

Meu ferimento

De peito aberto

Que me causou

Toda a dor

 

Eu coloquei pra fora

Aos poucos

Nas noites escuras

E em dias vazios

 

Chorei as mágoas

Derramei minhas lágrimas

Eu sofri

Por não ser eu mesmo

 

Gostou do que leu? LEIA DE NOVO, mas agora leia de baixo para cima… e perceba que um poema tem mais de uma perspectiva, assim como a vida! Veja com bons olhos! Sorria! Seja como o sol e se ilumine! Seja como a lua é reflita o melhor que há em você!

 

Borboleta Não Alada

O Sonho

 

 

 

Se você além de gostar de poesia, também escreve, divulgue aqui.

Envie seu texto para contato@literalmenteuai.com.br

 

Deixe o seu comentário

comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *