Março, mundialmente conhecido como o mês da mulher, tem no dia 8, a data marcada para celebrações e cobranças de mais justiça, mais igualdade e principalmente, mais respeito. Inúmeras campanhas são realizadas em todo o Brasil por diversos meios de comunicação, empresas e times de futebol. Todas as campanhas têm como objetivo a conscientização da não violência contra a mulher e a divulgação do número 180 para denúncias. A verdade é que se calar diante de uma agressão é fazer parte dela, se tornar cúmplice. Não importa se o agressor é o seu pai, seu irmão ou seu filho. Se você presenciar alguém sendo agredido, não pense duas vezes: Disque 180 e denuncie.

Pois bem, dito isso, a coluna Território Livre de hoje falará de séries onde a mulher é a grande protagonista. E olha, só tem coisa boa na nossa lista. Vamos lá?

Dra. Quinn – A  Mulher que Cura (Dr. Quinn – Medicine Woman)

Sucesso nos anos 1990, quando foi exibida no Brasil pelo SBT, ‘Dra. Quinn’ é uma série de drama que mostra os desafios da médica Michaela Quinn (Jane Saymour), que decide exercer sua profissão em um momento complicado dos Estados Unidos, pós-guerra civil. Com forte posicionamento político, Michaela Quinn é uma mulher decidida, e muito além de seu tempo.

Dra Quinn – Jo Lando e Jane Seymour

Ela sai de sua cidade, Boston, e vai parar em Colorado Springs, cidade selvagem, típica do velho oeste americano, onde os moradores não a aceitam e olham com desconfiança para uma mulher solteira e médica. Além de enfrentar os olhares atravessados dos moradores, Michaela assume a criação de três filhos de uma mulher que morreu após ser picada por uma cascavel. Ela ainda vive um romance com o misterioso Byron Sully (Jo Lando), que vive entre os índios e que tem um lobo como animal de estimação.

A série foi exibida entre janeiro de 1993 até maio de 1998, sendo produzida pela rede de televisão americana, CBS. Ao todo, são 149 episódios e dois filmes. Recentemente estava sendo exibida pelo TCM. Preciso confessar que essa série é maravilhosa!

Veja a abertura da série quando foi exibida pelo SBT:

 

Xena – A Princesa Guerreira (Xena – Warrior Princess)

Criada a partir de um spin-off de ‘Hércules’, ‘Xena: a princesa guerreira’ marcou época ao colocar uma mulher como personagem principal de séries de ação e aventura. Um detalhe: a série da princesa guerreira fez ainda mais sucesso que a série do semideus. Exibida entre setembro de 1995 e julho de 2001, sendo 134 episódios e 6 temporadas.

Lucy Lawless como Xena

Xena (Lucy Lawless) busca redenção após um passado criminoso marcado por assassinatos e invasões. Ela é acompanhada ao longo da série pela melhor amiga Gabriele (Renée O’ Connor). Existe aqui uma ambiguidade sobre a orientação sexual das duas. As personagens são inclusive cultuadas em comunidades lésbicas. Algumas marcas interessantes para a série: foi a primeira a reunir fãs em todo o mundo que se conectavam pela internet para discutir os episódios. A série foi exibida em mais de 100 países. Cultuada em várias partes do mundo. A personagem ficou marcada como modelo feminista.

Produzida pela Universal Studios, foi exibida no Brasil por SBT e Record.

Veja a abertura da série quando foi exibida no Brasil:

 

Agente Carter (Marvel’s Agent Carter)

Peggy Carter (Hayley Atwell) retorna da guerra em 1943 e precisa lidar com o desaparecimento do namorado, o Capitão América, Steve Rogers (Chris Evans). Tratada por amigos como um simples telefonista, Carter é na verdade uma agente e trabalha de forma secreta na Reserva Científica Estratégica. A série é do gênero de ação, aventura e drama. Teve 18 episódios em duas temporadas produzidas e exibidas pela ABC, nos EUA, e pela Rede Globo, no Brasil.

Hayley Atwell

Uma coisa que chama atenção é como a ABC anunciava a série: ‘às vezes o melhor homem para um trabalho é uma mulher’.  Produzida entre janeiro de 2015 e março de 2016, atualmente a série encontra-se cancelada, mas existem rumores de que poderá ser continuada em breve.  Vamos aguardar!

Segue o trailer da série, em áudio original e em inglês, mas se preferir, você pode ver a chamada da Globo aqui

 

Trailer em inglês:

Scandal

Elenco principal de Scandal

Uma série altamente política que traz uma protagonista extremamente qualificada em relações públicas, chefiando uma grande equipe. Olivia Pope (Kerry Washington) é a personificação de uma mulher decidida, líder e com objetivos e resultados alcançados. Produzida desde 2012, ‘Scandal’ ainda está no ar, em sua 7ª e última temporada.  Produzida pela ABC, a série já foi apresentada no Brasil pela Rede Globo como ‘Escândalos: os bastidores do poder’. Confira aqui a chamada de estreia da série.

Trailer:

 

How to Get Away with Murder

Viola Davis

Viola Davis (Annalise Keating) é uma professora de direito penal que reúne os melhores alunos para resolver os grandes casos. Mas o que eles não imaginavam é que se veriam envolvidos em um assassinato. A série deu a Viola Davis o Emmy Award por sua atuação, sendo a primeira mulher afro-americana a ganhar o prêmio.

Assim como ‘Scandal’, ‘How to Get Away whith Murder’ tem como produtora executiva Shonda Rhimes, que também é responsável por ‘Grey’s Anatomy’ (essa entende do que faz!). Produzida pela ABC, a série já foi apresentada no Brasil pela Rede Globo com o título controverso: ‘Lições de um crime’. Mas é aquele ditado, né?! ‘Vamos fazer o quê?’…

Trailer:  

E para finalizar, porém não menos importante:

Jessica Jones

Produzida pela Marvel e pela Netflix, ‘Jessica Jones’, vivida na série pela atriz Krysten Ritter,  estreia sua segunda temporada neste dia 8 de março. E não foi à toa a escolha da data. Jones é aquele tipo de mulherão da porra! Após se afastar da vida de heroína, ela abre uma agência de investigação em Nova York, onde lida com casos de pessoas

Krysten Ritter

notáveis.

Durona e com poderes sobre-humanos, Jessica é do tipo que não leva desaforos para casa. Bom, às vezes leva… mas

isso é outra história.

O trailer da primeira temporada você pode ver aqui. Se você já assistiu a primeira, curta abaixo o trailer da segunda temporada que estreia amanhã, na Netflix.  

Trailer:

 

É claro que ainda têm várias séries que poderiam estar nesta lista, como: ‘Ugly Betty’, ‘Unbreakable Kimmy Schmidt’, ‘The Crown’, ‘Game Of Thrones’, ‘Gilmore Girls’, ‘Orange Is the new Black’, ‘Supergirl’, e tantas outras. São tantas mulheres fodas que não caberiam em uma simples listinha, né? Mas diga aí: qual a série que você recomendaria com aquela mulher que comanda a porra toda? Conta pra gente!

 

A coluna  Território Livre é publicada aqui toda quarta-feira e. Converse com o colunista.  

Envie um e-mail para deni@literalmenteuai.com.br

Você pode também entrar em contato pelo twitter: @denicarlo

 

Deixe o seu comentário

comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *