Crush x Inferno Astral: A eterna luta pela compatibilidade

Será que vale a pena desafiar os astros e lutar contra o inferno astral para viver um amor?

Em uma dessas surpresas que a vida gosta de aprontar com a gente, esbarrei em um garoto bonitinho. Ele era alto, olhos pequenos e misteriosos. Tinha um sorriso travesso, daqueles que quando a pessoa sorrir dá vontade de rir também. 

Lembro que era uma sexta-feira, e eu estava super cansada e um pouco alterada, afinal, algumas doses de cachaça não mata ninguém, não é mesmo?

Conversamos um pouco, bebemos mais algumas doses e ele pegou o violão arriscando tocar uma música que agora eu não consigo lembrar qual era, e me olhava com uma cara de: vim só pra ferrar com seu psicológico.

Como uma autêntica sagitariana, adoro uma aventura e um boy problema. Daqueles que você já sabe que vai da merda, mas mesmo assim quer tentar, quer desafiar todos os avisos dos amigos e provar que sim, pode dar certo.

Sendo assim, preciso nem dizer que fiquei com ele, e fiquei de novo e de novo e de novo. Tudo estava lindo, até que em uma conversa descobri que o garoto era do signo escorpião.  O que seria ótimo considerando que os escorpianos são excelentes amantes, porém, escorpião é simplesmente o inferno astral de um sagitariano, nesse caso, Eu!

Não podia ser! Isso não estava acontecendo, os astros não podiam me  trolar assim. Gente, mas com tanto signo por aí e esse menino me inventa ser justo de escorpião, affh! Mantive a calma e procurei fazer o que qualquer pessoa sensata faria no meu lugar: refazer meu mapa astral. Ok, nem tão sensata assim. Mas o fato é que refiz meu mapa astral e descobri que minha lua era em escorpião, ufa! Existia uma luz no fim do túnel. 

Pra quem não sabe, a lua no signo reflete no seu jeito de agir e pensar, contribuindo para a sua personalidade. Tenho mania por signos, astros e suas combinações, então é claro que minha pesquisa não parou só no mapa astral, queria saber todos os prós e contras dessa relação.

Joguei no Google “sagitário e escorpião combinação” e descobri que o homem de escorpião e a mulher de sagitário só são compatíveis quando eles fazem amor.

Então tudo bem né, pelo menos um ponto a favor. Porém, não vamos viver na cama o tempo inteiro, ou seja, ainda tenho com o que me preocupar. Mas também que ideia a minha, o símbolo de sagitário é fogo, já o de escorpião é água, mais distintos impossível.

Já estava decidido, não vou esperar as coisas desandarem pra sair fora, vou acabar com isso agora! Peguei o celular e já estava escrevendo para avisar que nós não nos veríamos mais.

E aí me lembrei daquele sorriso. Aquele sorriso de menino levado capaz de derreter até o coração mais congelado. Então ponderei: talvez valesse a pena o risco, sempre gostei do risco mesmo.

Continuei minha pesquisa, tinha que existir uma solução, sei lá, uma oração, simpatia ou qualquer coisa. Entrei em outro link e me deparei com o seguinte conselho:

“Se ele for um típico ascendente de escorpião, esqueça. Mas se ele for flexível, gostar de aventura e descontração, a sagitariana tem uma chance.”

Aaah pronto! Agora eu tenho que ficar rezando pra ele não ser um típico ascendente de escorpião. Vou acabar com isso agora!

Mais uma vez ponderei. Me lembrei da nossa química, do nosso beijo e de como era gostoso ficar com ele. E então decidi, vou deixar rolar, mesmo porque, se der muito certo, já tenho a mensagem do nosso convite de casamento:

“Desafiaram os astros e as combinações dos signos, misturaram água e fogo e desafiaram a química, colocaram em questionamento o inferno e paraíso astral. E provaram que amor é coisa de louco mesmo, e está acima de qualquer teoria!”

E se na pior das hipóteses nada der certo, moro em BH e aqui tem muitos bares, pelo menos sofrer a seco eu não vou. E de qualquer forma já valeu a inspiração para escrever essa crônica.

Mas cá entre nós, ainda estou com fé na minha lua em escorpião, que encontrei no meu mapa astral.  

Veja mais crônicas: 

Menina segura o vestido

Sonho de menina apaixonada

A impossibilidade do abraço

Você também pode participar do LiteralMente, UAI. Envie suas ideias, crônicas ou contos para contato@literalmenteuai.com.br

Deixe o seu comentário

comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *