Dê livros de presente neste Natal 

Dê livros de presente neste Natal, ajude livrarias e a construir um futuro melhor.

O cenário da literatura no Brasil, com o fechamento de lojas físicas e pedido de recuperação de duas das principais cadeias de lojas especializadas em livros no país, acende um alerta ultra vermelho com relação ao futuro intelectual e cultural trazido pela literatura.

É preciso refletir sobre o impacto que isso poderá causar no mercado editorial brasileiro, que já vem lutando contra a crise econômica há anos.

Diante dessa preocupação, várias campanhas vêm surgindo na internet com a intenção de incentivar a literatura e consequentemente a compra de livros.

O start nas redes sociais foi a “Carta de amor aos livros” divulgada por Luiz Schwarcz, editor do grupo Companhia das Letras, na semana passada. Em um dos trechos, ele ressalta a longevidade dessa fonte de conhecimento e entretenimento que tem resistido ao longo dos séculos. O livro é a única mídia que resistiu globalmente a um processo de disrupção grave”.

Nela, além de declarar seu amor incondicional aos livros e admiração pela literatura, Luiz convocou os brasileiros a dar livros de presente neste Natal, não somente da sua editora. O chamamento propõe que o leitor vá as livrarias físicas, compre livros e evite mais fechamentos. “Todos os tipos de livro precisam sobreviver”, afirmou Luiz em outro trecho da carta.

Dar livros de presente neste Natal é o mote da campanha #LivroénaLivraria encabeçada pelo jornalista Afonso Borges no seu blog Mondo Livro. “É hora, portanto, do público devolver ao nosso cotidiano uma tradição da nossa cultura: frequentar livrarias, comprar em livrarias, conversar com livreiro, o vendedor. Conhecer o mundo através do mundo que se abre aos nossos olhos dentro de uma livraria. Por isso e afinal, #LivroénaLivraria. Assimile este conceito”, publicou Afonso em sua página no Facebook.  

No #desafiodaslivrarias, lançado pelo editor da Sextante, Marcos Da Veiga Pereira, a ideia é comprar um livro numa livraria, postar nas redes sociais e convidar mais três amigos. Uma corrente do bem que já está movimentando as redes sociais.

Para ajudar o leitor indeciso ou você que quer aderir a campanha. Fizemos uma listinha com algumas dicas de livros que a equipe do LiteralMente daria ou já deu de presente. 

:: Nacionais :: 

Dias Perfeitos  |Raphael Montes 

Gênero: Policial 

Théo é um estudante de medicina, todo certinho e nerd, que se apaixona à primeira vista por Clarisse, uma jovem independente, alegre e muito diferente dele. Depois de uma tentativa frustrada de engatar um romance com a jovem, Théo revela um outro lado seu, até então desconhecido, e toma atitudes que vão deixar qualquer leitor de queixo caído. Leia a resenha aqui.

A nossa redatora Bárbara Andrade já deu este livro de presente em 3 oportunidades.

 

O amor nos tempos do Ouro | Marina Carvalho

Gênero: Romance de época

Essa é uma doce e delicada história que se passa no período colonial do Brasil. Um típico romance de época. A franco-portuguesa Cécile perde toda sua família em um trágico acidente e é obrigada a vir para o Brasil para ficar aos cuidados de seu único parente, um tio inescrupuloso e interesseiro que pretende casar a moça com um grande dono de escravos das Minas Gerais, coisa que ela abomina com todas as forças. Esse tio envia a moça para Minas Gerais sob os cuidados de Fernão, um homem que lhe presta serviços de vez em quando. O que Cécile não esperava é que essa viagem fosse ser o início de grandes mudanças em sua vida. A principal delas, a descoberta do amor! Leia a resenha aqui

De olhos fechados | Lavínia Rocha

Gênero: Aventura / Infantojuvenil

Conta a história de Cecília uma adolescente de 15 anos, cega desde o nascimento, que vive na capital mineira com o pai, Renato, e a irmã mais nova, Luna. Um mistério com direito a sumiço do corpo envolve a morte da sua mãe. Cecília é independente e ao lado do cão guia Dina, não deixa os desafios da vida te abalar. Ela super bem resolvida, consciente da sua deficiência, mas tem recebido alguns bilhetes enigmáticos e em braile com dizeres como, “Você não estará segura enquanto não seguir o seu caminho” e “você não vai poder dar as costas ao seu destino”, que a tem deixado assustada. Leia a resenha aqui

 

Colega de quarto | Victor Bonini

Gênero: Policial

Uma história instigante sobre um jovem de classe média alta que começa a perceber sinais de que alguém está dentro de seu apartamento. Um chinelo que não é seu, uma escova de dentes estranha, mas o assustador é que ele mora sozinho e suas portas estão sempre trancadas. O que será que pode estar acontecendo? Logo uma morte ocorre e o detetive Conrado Bardeli, protagonista da história, precisa investigar a fundo para descobrir a origem deste mistério. Leia a resenha aqui.

 

Machamba | Gisele Mirabai

Gênero: Romance

Machamba cresceu numa fazenda em Minas Gerais, em meio a cavalos e pés de laranja, lendo as Enciclopédias das Antigas Civilizações com o pai. Agora é uma mulher em Londres que se sente perdida. Nem ela mesma sabe o que aconteceu com a própria história. Até que começa uma viagem pelas antigas civilizações do planeta, Grécia, Turquia, Israel, Egito, e quanto mais caminha pelas ruínas do mundo, mais viaja em direção ao seu passado e ao Elo Perdido, o episódio fatídico que mudou para sempre o curso de sua vida. Indicado ao prêmio Jabuti 2018, na categoria romance. Leia a resenha aqui. 

 

#Baleia3 | Rebeca Prado

Gênero: Quadrinhos 

O Baleia#3 é uma coletânea de tirinhas da Beca intituladas “Viver é pesado” e também de ilustradores amigos, convidados por ela para colocarem no papel algumas experiências dentro do tema. O resultado ficou sensacional e arranca boas risadas e muitas identificações.

 

Todo dia a mesma noite – A história não contada da boate Kiss | Daniela Arbex

Gênero: Jornalismo

Todo dia a mesma noite faz muito mais do que apenas divulgar relatos de pessoas envolvidas na tragédia. É humanizá-las. Dar nome, sobrenome, passado e endereço. Apresentar para o Brasil as marcas deixadas nas famílias, nos sobreviventes, nos experientes profissionais de saúde e bombeiros da cidade de Santa Maria, todos vítimas de uma tragédia anunciada. Vítimas do famoso jeitinho que se dá para tudo neste país, onde debaixo das “vistas grossas”, tragédias acontecem, boates incendeiam, viadutos caem e a impunidade impera. Ninguém paga por isso! Leia a resenha aqui

 

A Batalha do Apocalipse | Eduardo Spohr

Gênero: Fantasia

Há muitos e muitos anos, o paraíso celeste foi palco de um terrível levante. Um grupo de anjos guerreiros, amantes da justiça e da liberdade, desafiou a tirania dos poderosos arcanjos, levantando armas contra seus opressores. Expulsos, os renegados foram forçados ao exílio e condenados a vagar pelo mundo dos homens até o Dia do Juízo Final. Mas eis que chega o momento do Apocalipse, o tempo do ajuste de contas. Único sobrevivente do expurgo, Ablon, o líder dos renegados, é convidado por Lúcifer, o Arcanjo Negro, a se juntar às suas legiões na Batalha do Armagedon, o embate final entre o céu e o inferno, a guerra que decidirá não só o destino do mundo, mas o futuro da humanidade. Leia a resenha aqui

 

Quando os Bandidos Ouvem Villa-Lobos | Leida Reis
Gênero: Drama

Este é um romance policial que nada tem de previsível. A história se passa no Rio de Janeiro em meados de 1959, e seus personagens em sua grande maioria, são mineiros que partiram para a Cidade Maravilhosa em busca de uma vida melhor. A leitura de “Quando os bandidos ouvem Villa-Lobos” não é fácil. Exige atenção e dedicação do leitor que precisará exercer a sua perspicácia para acompanhar o ritmo da escrita e a sagacidade da escritora. Isso é muito bom! Leia a resenha aqui.

 

Oreosvaldo, o Pássaro das Sombras | Pedro Antônio

Gênero: Infantil

Conta com ilustrações do artista italiano Maurizio Manzo. O livro já foi adotado por mais de 20 escolas em todo o Brasil. A fábula é muito divertida e traz um tema legal de ser abordado entre as crianças que é o bullying (quem nunca). Com direito a vilão, aventuras e descobertas, a história do tímido avestruz Oreosvaldo ainda continua na vida real em seu blog: http://www.opassarodassombras.com.br/. Os leitores podem interagir com o pássaro das sombras após a leitura e quem sabe se tornarem amigos. Leia a resenha aqui.

 

Dom Casmurro | Machado de Assis

Gênero: Romance

A história de Dom Casmurro é bem conhecida e polêmica. Mesmo quem nunca leu sabe um pouco sobre os personagens Capitu e Bentinho, o seminário e a suposta traição. A obra já foi adaptada para o cinema, teatro e TV, mas é lendo que você tem acesso a história crua e pode tirar suas próprias conclusões. Ao longo da história, achei o personagem Bentinho inseguro diante da força da personagem Capitu. Em vários momentos ele ressalta sua inteligência e esperteza, com um pouquinho do que classifiquei como inveja. Leia a resenha aqui.

 

 

A hora do amor | Álvaro Cardoso
Gênero: Romance
A trama do Álvaro Cardoso se passa na década de 60, e é narrada por Roberto Fernandes, ou simplesmente Beto. Um garoto de uma cidade do interior de São Paulo, que conheceu o amor da sua vida na adolescência. Mas, como nem tudo são flores, teve que passar por trancos e barrancos para aprender a lidar com esse sentimento, que até então era desconhecido por ele: A paixão! Leia a resenha aqui.

 

Becos da memória | Conceição Evaristo
Gênero: Drama
“Becos da Memória” é uma coletânea de relatos dos moradores de uma favela às vésperas de um desfavelamento. As pessoas estão sendo retiradas dos seus lares em troca de míseras quantias de dinheiro ou pedaços de paus para construir em outro lugar. Sob olhares ora da personagem Maria Nova, ora de uma narradora onipresente, somos inseridos no dia a dia dessas famílias, conhecemos as suas dores, suas lutas, seus sonhos, em um passado e um presente marcados pela pobreza extrema. Leia a resenha aqui.

 

Movida pela ambição | Pelo espírito de Schellida – Psicografia de Eliana Machado Coelho
Gênero: Romance espírita
“Movida pela Ambição” da escritora Eliana Machado Coelho é um romance espírita diferente de todos os outros que já li. Ditado pelo espírito de Schellida, conta a história da personagem principal ainda em vida. A história gira em torno das decisões de Vitória, uma moça do norte de Minas Gerais que tem uma vida miserável e, na ânsia de mudar o seu futuro, toma decisões erradas, chegando até a rejeitar a própria família. Vitória enfrenta problemas na família como drogas, doenças, desrespeito, agressões, indiferença, solidão, abandono e o que sempre tentou fugir: a fome e a miséria. Leia a resenha aqui.

 

:: INTERNACIONAL :: 

 

Vox | Christina Dalcher

Gênero: Distopia

O livro se passa nos EUA no futuro, não muito distante, diga-se de passagem, em que esse governo chegou ao poder, e quando eu digo que chegou ao poder, não foi por meio de golpe não viu, galera?!E assim, as mulheres foram perdendo seus direitos de maneira absurda e absurdamente rápida. Elas não podem mais trabalhar, ter conta em banco, ter telefone, acessar internet, sair sem a permissão do marido, não podem mais ser solteiras, não podem nem sonhar com algum tipo de relação sexual fora do casamento. As meninas não aprendem mais a ler e escrever. AGORA AS MULHERES SÓ PODEM FALAR 100 PALAVRAS POR DIA!!! Leia a resenha aqui

1984 | George Orwell

Gênero: Distopia

Os pontos mais marcantes da trama, certamente, são seu teor político muito bem construído, principalmente por sua semelhança com o mundo atual e sua atemporalidade de modo geral. Podemos encontrar características de 1984 em diversas distopias como as séries “Divergente” e “Jogos Vorazes”.  Adicione 1984 à sua lista de leitura! É um clássico e vai ser seu melhor ponto de partida para os diversos universos distópicos que você encontrará na sua jornada como leitor. Leia a resenha aqui.

 

Uma curva no tempo | Dani Atkins

Gênero: Romance / Suspense

Nesta história vamos conhecer a Rachel, uma mulher de 25 anos que leva uma vida bem sem graça e infeliz, morando sozinha em um apartamentinho em Londres e trabalhando em um emprego que não gosta. Cinco anos antes, Rachel passou por uma grande tragédia que causou a morte de Jimmy, seu melhor amigo da vida, que se sacrificou para salvar a vida dela (não é spoiller). É claro que esse acidente transformaria a vida de Rachel para sempre, marcada inclusive, por uma enorme cicatriz no rosto. Ela carrega a culpa pelo acidente e ao retornar a sua cidade, Rachel decide ir ao cemitério ver o túmulo de Jimmy, lá um fato acontece e vai transformar completamente a realidade de Rachel. E agora, será que ela voltou no tempo, será que é tudo um sonho? Você vai precisar ler para descobrir. Leia a resenha aqui

 

Flores Partidas  | Karin Slaughter

Gênero: Suspense /Mistério

Em Flores Partidas vamos conhecer a história das irmãs Lydia e Claire. As duas não se falam há 18 anos, pois no passado, Lydia acusou o então namorado de Claire, Paul, de tentar estuprá-la. Tendo em vista que Lydia era o que chamamos de ‘ovelha negra’ da família, usuária de drogas, causadora de vários problemas para os pais, e que Paul era um jovem bom moço e super quietinho, é claro que a irmã não acreditou, ficou do lado namorado e cortou relações com Lydia. Mas isso não foi o pior que a família passou, alguns anos antes desse acontecimento, a terceira irmã das duas, Julia, desapareceu misteriosamente e ninguém nunca mais a viu. Leia a resenha aqui.

 

 

Hibisco Roxo | Chimamanda Ngozi Adichie
Gênero: Drama
A leitura de “Hibisco Roxo” justifica sem meias palavras os motivos que levaram Chimamanda a abraçar a luta das mulheres e ferrenhamente defender os mínimos direitos atribuídos a elas, sobretudo em seu país. É um livro que desnuda uma realidade abusiva e expõe feridas vividas por muitos brasileiros e africanos em diferentes cenários. Leia a resenha aqui.

 

Boneco de pano | Daniel Cole
Gênero: Suspense policial
Em “Boneco de Pano”, o assassino mata seis pessoas, cria um boneco com partes do corpo das vítimas e entrega para uma jornalista outra lista com as próximas seis vítimas, marcando o dia da morte de cada uma. Mas, por que ele mata? Qual a relação entre as mortes? E quem é o assassino? São diversas as perguntas, mas com certeza não serão só essas que você vai fazer ao longo da leitura. Leia a resenha aqui.

 

 

As crianças esquecidas de Hitler | Ingrid Von Oelhafen E Tim Tate
Gênero: Biografia
Quando você acha que não tem mais como se surpreender com as horripilantes histórias do Nazismo, eis que surge Ingrid Von Oelhafen e te apresenta a sua história real sobre o programa Lebensborn e as crianças esquecidas de Hitler. Literalmente, uma fábrica cujo objetivo era gerar a próxima raça suprema. Essa obsessão nazista pela raça pura extrapola todo e qualquer sinal de racionalidade, quando crianças de outros países são retiradas dos seus pais e obrigadas a viver em lares adotivos nazistas. Ou pior, quando os membros do partido nazista são incentivados a dormir com mulheres consideradas de “raça pura” com o único propósito de gerar bebês “puros”. Leia a resenha aqui.

 

Fragmentos – Poemas, anotações íntimas e cartas de Marilyn Monroe | Organização Stanley Buchthal
Gênero: Biografia
Os escritos são bem pessoais, com notas de rodapé, sentimentos, pensamentos, dúvidas e erros de ortografia. Isso tudo me encantou profundamente. Resumindo, esse conjunto de papéis e documentos, são um tesouro, para quem se interessa pela vida dessa atriz tão apaixonante. Marilyn, ainda hoje, é referência de moda, comportamento, mas, Fragmentos nos proporciona um novo modelo de Marilyn, e através das palavras escritas por ela mesma, ela se torna mais real, acessível e viva. Leia a resenha aqui.

 

Escuridão total sem estrelas | Stephen King
Gênero: Terror
Escuridão Total Sem Estrelas é composto de quatro contos em que imperam a ganância, vingança, inveja, as mentiras, e, claro, o medo! Sabe quando um livro te prende e rapidamente se torna seu queridinho? Comigo isso aconteceu recentemente com o incrível Escuridão Total Sem Estrelas, do Stephen King. Ele já me arrebatou pela capa e não decepcionou. Nesse livro que faz total jus a seu nome, King entrega narrativas densas, indigestas, em que imperam a desesperança e os piores sentimentos humanos. Leia a resenha aqui

 

O navio das noivas | Jojo Moyes
Gênero: Romance
A história envolve quatro mulheres: Maggie, Avice, Jean e Frances. Maggie é filha de fazendeiros, amável e muito apaixonada pelo seu marido. Ela me conquistou de cara. Avice tem uma personalidade egoísta e desagradável, é uma garota um pouco superficial que se preocupa muito com as aparências e status. Jean é a personagem mais nova, é imatura e isso a deixa em apuros durante a viagem. Frances é uma enfermeira misteriosa e muito reservada, sua história vai se revelando no decorrer do livro. Adianto que ela se tornou a minha personagem preferida. Com personalidades próprias, fortes e reais, essas mulheres embarcam nesse navio, com o mesmo objetivo: chegar à Inglaterra. O navio possui regras rígidas, e, no decorrer da leitura, você percebe que a viagem promete mudar para sempre a vida dos tripulantes. Leia a resenha aqui

Memórias de uma gueixa |Arthur Golden
Gênero: Romance
O que são as gueixas? Artistas, prostitutas, amantes? Tudo isso é um mistério para grande parte dos ocidentais, ninguém entende muito bem o que são aquelas mulheres em quimonos luxuosos e maquiadas de forma tão artística. E em “Memórias de uma Gueixa”, Arthur Golden nos apresenta esse universo através das memórias de Sayuri. A personagem não existiu de verdade, mas a introdução do livro cria a atmosfera de que tudo que será narrado foi real. Começamos acompanhando a personagem quando ela ainda era criança, morava com o pai pescador em uma vila e se chamava Chiyo até os dias atuais em que ela é uma famosa gueixa. Leia a resenha aqui.

 

Casos De Família – Arquivos Richthofen E Arquivos Nardoni | Ilana Casoy
Gênero: Crime Scene
Casos de Família é um livro para quem gosta da temática “Crime Scene”, cheio de detalhes e bem cru. Não é uma leitura fácil, já que a temática é pesada e assusta ver o quanto o ser humano é cruel e imprevisível. Em vários momentos me indignei com a frieza da Suzane ou com a falsidade dos Nardoni. Mas, apesar disso foi uma leitura muito esclarecedora e cheia de informações. Aprovadíssimo! DarkSide Books já pode lançar mais livros da Ilana. Leia a resenha aqui.

 

Jogador nº1 |Ernest Cline
Gênero: Ficção
“Jogador número 1” é um tributo a cultura dos anos 1980, desde os filmes, músicas, séries, programas de TV e claro, o nosso primeiro contato efetivo com a tecnologia, os videogames. Anos 1980 e 1990 deixaram marcas, e se hoje já sentimos saudade da qualidade cultural daquela época, imagine daqui a 20 anos. Este livro é uma oportunidade de relembrar. As perspectivas de futuro na história criada pelo americano Ernest Cline, são desanimadoras e sombrias, nem um pouco diferente daquilo que já foi abordado em diversas obras cinematográficas e literárias. Em 2040, a vida na terra é um pandemônio: caos no clima, crise de energia, há fome e miséria por toda a parte, vivemos sobre o que restou de inúmeras guerras. E o único alento de uma geração de sobreviventes é o “Oasis”, uma plataforma de realidade virtual, criada pelos amigos James Halliday e Ogg Monroe, que se tornou o centro do mundo, responsável até mesmo pela educação das crianças e jovens. Leia a resenha aqui.

 

Dê livros de presente! Incentive a literatura e ajudará a construir um país melhor. 

Deixe o seu comentário

comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *